Sobre o Akatu

Sobre o Akatu

Criado em 15 de março de 2001 (Dia Mundial do Consumidor), o Instituto Akatu é uma organização não governamental sem fins lucrativos que trabalha pela conscientização e mobilização da sociedade para o consumo consciente.

As suas atividades estão focadas na mudança de comportamento do consumidor e são realizadas a partir de duas frentes de atuação: Educação e Comunicação.

Nossa missão

Contribuir para a transição acelerada para estilos sustentáveis de vida, inspirados em uma sociedade do bem-estar e viabilizados por modelos sustentáveis de produção e consumo, de forma a ter a população brasileira mobilizada nessa direção.

Nossa visão

Yandê*: Contribuir para uma sociedade do bem-estar que se perceba como parte interdependente da vida no planeta e, como tal, cuide da vida pela vida em si e acolha a humanidade em toda a sua diversidade.
(*Yandê: palavra em tupi que significa “grande nós feminino”)

Nossos valores

Causa: Compromisso com a promoção da missão
Compartilhamento: Construção compartilhada de aprendizados e conhecimentos
Melhoria contínua: Aprimoramento contínuo de aprendizados e conhecimentos
Responsabilidade: Cumprimento dos compromissos assumidos
Humanização: Transparência e humanização das relações interpessoais
Cooperação: Cooperação para objetivos comuns

Acreditamos que as atitudes são transformadoras e que cada participante da organização deve fazer refletir em suas próprias atitudes os valores, a missão e a visão do Akatu, agindo sempre com transparência, ética e responsabilidade e demonstrando coerência e aderência a esses valores e aos princípios estabelecidos.

Nossas atividades

Na área de Educação, o Akatu trabalha com Escolas, Empresas e Comunidades. Nas escolas, atua por meio da rede de aprendizagem Edukatu, que oferece conteúdos em uma plataforma digital dirigidos separadamente a professores e alunos, além de fazer a capacitação presencial de professores e alunos e mobilizá-los para atuar em projetos de consumo consciente e sustentabilidade junto às suas comunidades.

Nas empresas, o Akatu capacita colaboradores para atuar como multiplicadores do consumo consciente, além de co-criar um processo de multiplicação específico de cada empresa por meio do qual os multiplicadores sensibilizam e mobilizam os demais colaboradores.

 

Nas comunidades, o Akatu capacita membros da comunidade para atuarem como multiplicadores do consumo consciente, desenvolvendo materiais e atuando em conjunto na mobilização da comunidade, inclusive em campanhas nas mídias acessíveis aos seus membros.

Na área de Comunicação, o Akatu dissemina informações sobre sustentabilidade e o consumo consciente de forma a sensibilizar e mobilizar o público geral ou públicos de projetos específicos. Para isso, o Akatu trabalha com os meios tradicionais de comunicação e com as mídias sociais, tendo um acesso muito significativo tanto às redes de TV, rádio e mídia impressa, como às redes sociais. Desenvolve também campanhas voltadas à mobilização em temas específicos – como água, energia, alimentos, resíduos, roupas – buscando mobilizar para questões relacionadas ao consumo nesses temas por meio de campanhas e dicas mobilizadoras.

Em todos as suas atividades, o Akatu se baseia em um núcleo próprio de conhecimentos, baseado em pesquisas junto ao consumidor e em metodologia pedagógica de mudança do comportamento do consumidor testada em sua eficácia durante muitos anos. As pesquisas são divulgadas em eventos junto às empresas, públicos interessados, com forte divulgação na mídia.

O Akatu também atua buscando definir junto a empresas caminhos de produção e consumo sustentáveis, voltados ao bem-estar das pessoas, do meio ambiente, das empresas e da sociedade

Consumo consciente é consumir com o melhor impacto

Consumo consciente não significa deixar de consumir, mas consumir melhor e diferente, sem excessos, para que haja o suficiente, para todos, para sempre. Esta é uma maneira de definir sustentabilidade, com atenção especial para o modelo de consumo. Só haverá o suficiente para todos e para sempre se cada um consumir somente o suficiente para o seu bem estar e não mais do que o suficiente. Aliás, como disse Gandhi, “A Terra provê o suficiente para as necessidades de todos os homens, mas não para a voracidade de todos”.

Significa ter a visão de que o ato de consumir um produto ou serviço está num contexto maior de ciclo de produção, trazendo consequências positivas e negativas não apenas ao consumidor, mas também ao meio ambiente, à economia e à sociedade, que vão além dos impactos imediatos.

O consumidor consciente tem uma preocupação com os recursos gastos na produção do produto e como ele deve ser corretamente usado e descartado no futuro. Ele sabe que tem um grande poder em suas mãos ao escolher um produto e uma empresa produtora, e pode transformar a sua compra num ato de reconhecimento de boas práticas sustentáveis.

O consumo consciente começa com uma análise prévia da necessidade: preciso realmente comprar? Decidido que sim, o consumidor deve definir as características que precisa no produto, pensar sobre como irá comprar, escolher o fabricante de acordo com a sua responsabilidade socioambiental na produção, fazer um uso otimizado do produto para ter uma vida útil mais longa, e definir uma forma de descarte adequada. Só assim, tomando decisões conscientes em cada uma dessas fases, o consumidor poderá comparar e escolher a melhor opção.

 

[Conheça os princípios de conduta do Instituto Akatu]