Você sabia que 2013 é o Ano Internacional para a Cooperação pela Água?

Dia Mundial da Água (22/3) deste ano pede mais atenção das nações e das pessoas para preservação e o cuidado com esse recurso natural

Em dezembro de 2010, a Assembleia Geral das Nações Unidas indicou 2013 como o Ano Internacional para a Cooperação pela Água. O objetivo é incentivar países a prevenirem e solucionarem potenciais conflitos decorrentes da gestão compartilhada de recursos hídricos e promover a cooperação em todos os níveis. Isso faz com que o Dia Mundial da Água, celebrado em 22/03, seja muito especial, especialmente frente aos problemas relacionados à água causados pelo atual modelo de produção e consumo.

Será que isso tem a ver também com cada indivíduo?

Cooperação é a palavra central desta discussão. Para atingir o bem-estar de toda a sociedade é necessário que se construa um caminho que valorize a cooperação mais do que a competição nos itens relacionados à sustentabilidade. A razão básica para isso é o fato do movimento de sustentabilidade ser recente e o problema da insustentabilidade ter uma enorme urgência. Em algo novo para a sociedade, que deve mudar significativamente a forma de fazer as coisas, como é o caso da sustentabilidade, quanto mais se puder cooperar mais rapidamente serão identificadas e disseminadas soluções que ajudarão a caminhar na direção desejada.

Enquanto no cenário político internacional o termo cooperação pela água está relacionado à gestão do recurso dentro de uma cultura de paz, para o indivíduo significa reconhecer o impacto que seus atos de consumo podem ter sobre a sociedade e o planeta e rever seus hábitos levando em consideração o bem-estar coletivo. É também tomar consciência de que pequenas mudanças em hábitos de consumo (ainda que promovidas por um pequeno grupo de pessoas), quando consolidadas e mantidas por um longo período de tempo, causam muito impacto. Ou seja: cooperar, para o indivíduo, é investir nessas pequenas mudanças, apostar na transformação que elas podem causar quando somadas às de outras pessoas, e mobilizar os amigos e familiares a adotar as mesmas mudanças em seus hábitos de consumo.

E cada indivíduo contribui quando:

•    Economiza água nas atividades domésticas;
•    Opta por produtos que usam menos água em toda cadeia produtiva;
•    Incentiva a indústria e, sobretudo, a agropecuária a inovar para a redução do uso de água, para o desperdício zero e para a não poluição;
•    Demanda de governos e empresas fornecedoras de água que reduzam as chamadas perdas na rede;
•    Incentiva amigos e familiares a também contribuir na mesma direção.

O Akatu preparou alguns cálculos e dicas que podem ajudar você a visualizar o quanto de água é possível poupar a partir de algumas escolhas cotidianas de consumo, podendo ajudar também no processo de mobilizar outras pessoas a fazer o mesmo. Assim você pode desde já entrar no clima de cooperação pela água!

1.    Consumo de carne e água virtual
Consideradas todas as etapas da cadeia produtiva envolvidas na produção de apenas um quilo de carne bovina, são necessários 15,5 mil litros de água até o produto chegar ao consumidor final. É isso mesmo: 15.500 litros de água gastos para produzir apenas um quilo de carne!

Cada brasileiro, segundo o IBGE, consome em média 17 kg de carne bovina por ano. Portanto, se uma pessoa for educada, desde criança, a consumir metade da carne que consome o brasileiro médio, a água economizada pela redução do volume de carne que deixará de ser produzido, no período de vida dessa pessoa (73,5 anos), encheria quase quatro piscinas olímpicas. Isso para apenas uma pessoa!

2.    Pequenas economias diárias de água vão poupar duas piscinas olímpicas  
Uma família de três pessoas, que reduza em apenas sete minutos o consumo diário de água para qualquer finalidade, vai economizar ao longo da vida (73,5 anos) dessa família o equivalente a duas piscinas olímpicas.

3.    Feche a torneira para escovar os dentes e economize um dia e meio das Cataratas do Iguaçu
Se todos os moradores do Brasil fecharem a torneira ao escovar os dentes durante um único mês, a água economizada equivalerá a um dia e meio do volume de água que cai pelas Cataratas do Iguaçu!

4.    Não use a mangueira para “varrer” o quintal e a calçada
Usar a mangueira para “varrer” a calçada é um hábito comum nas cidades brasileiras. Se uma pessoa lava a calçada uma vez por semana, gasta quase 15 mil litros de água por ano nesta atividade. Ao longo da vida (73,5 anos), a quantidade de água gasta será equivalente a quase meia piscina olímpica cheia de água desperdiçada “varrendo” calçada. Demais, não? É bom lembrar que, para manter a calçada limpa, é suficiente varrê-la com vassoura, sem necessidade de molhá-la. Se houver a necessidade de molhá-la, basta usar a água de um balde (de preferência com a água usada da lavagem de roupa, por exemplo).

5.    Reduza cinco minutos de água corrente no seu banho e abasteça Salvador
Se apenas duas pessoas em cada casa da Região Metropolitana de São Paulo reduzirem em cinco minutos o tempo de chuveiro aberto no banho (por exemplo, reduzindo o tempo de banho de 15 para 10 minutos), em apenas 27 dias, será economizado o suficiente para abastecer de água por um mês uma população de 2,9 milhões de habitantes – mais do que Salvador, que tem 2,7 milhões de moradores.

Conheça a campanha da ONU para marcar o Ano Internacional de Cooperação pela Água

Você já baixou o Fake Shower?
O Fake Shower, aplicativo para iPhone criado em parceria pelo Instituto Akatu e pela Leo Burnett Tailor Made, está disponível na Apple Store para ser baixado gratuitamente. O aplicativo simula a vazão e o barulho de um chuveiro ou torneira e informa a quantidade de água desperdiçada quando são abertos sem necessidade.

Desde o seu lançamento, no Dia Mundial da Água de 2012, foram mais de 50 mil downloads do aplicativo! Os usuários declararam pelas redes sociais que com o Fake Shower economizaram juntos mais de 4 milhões de litros de água, que equivalem a 400 carros pipa!!!!!

Assista ao vídeo aqui e baixe o aplicativo!!!

Leia mais:
– Água: por que tanta preocupação para cuidar dela?

– Você já ouviu falar em água virtual?

 

Siga no twitter.
Curta no facebook.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: