Veja como foi a intervenção urbana organizada pelo Akatu

Ação integra atividades da Semana do Meio Ambiente e chamou atenção de quem passava pelo prédio do Conjunto Nacional na sexta-feira (03/06)

 

No começo da tarde de sexta-feira (03/06), sob o olhar atento e curioso dos que passavam pelo prédio do Conjunto Nacional, em São Paulo, integrantes do Coletivo Contrafilé cobriam com caixas de papelão alguns voluntários que aderiram à ação do Akatu. Tudo para chamar a atenção do público e provocar neles uma reflexão sobre sua condição de consumidor no mundo.

“Não entendo muito o que está acontecendo, mas se todo mundo só fala de meio ambiente, é porque o negócio é sério”, disse o assistente de telemarketing de 28 anos, Edmilson Novaes, que também ficou imerso aos papelões.

E é sério mesmo. Para se ter uma ideia, hoje, a humanidade já consome 30% mais recursos do que a Terra consegue repor. E apenas 20% da população mundial consomem 80% desses recursos extraídos do planeta. Além de concentrado, o consumo é excessivo. Se esse padrão de consumo das nações desenvolvidas fosse adotado pelo resto do mundo, precisaríamos de cinco planetas para suprir essa voracidade. Ou seja, nosso estilo de vida é insustentável.

A ação, portanto, propõe uma reflexão sobre consumo consciente, ou seja, sobre os impactos de todos os nossos atos de consumo – em nós mesmos, na sociedade, na economia e no meio ambiente em que vivemos, seja na cidade ou no campo.

Clique para assistir aos vídeos da ação. Veja também as fotos da intervenção e não deixe de compartilhar com seus amigos e colegas nas redes sociais como o Youtube, Twitter e o Facebook.

E o papelão, o que ele tem a ver com tudo isso?

“Eles agregam a ideia da extração de recursos naturais como água e petróleo, que é cada vez mais excessiva; do gasto de energia na confecção de produtos, dos resíduos que produzimos e das embalagens que descartamos”, explica Ana Maria Wilheim, diretora executiva do Akatu. “Em geral, todo nosso consumo corresponde em maior ou menor grau a alguma embalagem. Por isso, elas são a principal ferramenta da nossa ação”.

Leia também:
– Akatu agita a Semana do Meio Ambiente em São Paulo
– Florestas são tema do Dia Mundial do Meio Ambiente

Abaixo, veja mais fotos do flash mob:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se você quiser seguir o Akatu no twitter, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: