Assista a algumas das ideias que o Edukatu recolheu em conferência infantojuvenil pelo meio ambiente

Com o tema “Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis”, o evento pretendeu fortalecer a educação ambiental em escolas e comunidades de todo o País

Mais de mil jovens, professores e especialistas de todo o Brasil participaram da IV CNIJMA – Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente –, realizada em Luziânia (GO) de 23 a 28 de novembro. Em parceria com a Braskem, o Instituto Akatu participou do encontro com o Edukatu  (www.edukatu.org.br), sua recém-lançada rede de aprendizagem sobre conceitos e práticas do consumo consciente para alunos e professores do Ensino Fundamental de todo o Brasil.

O evento foi uma iniciativa do MEC – Ministério da Educação – em parceria com o MMA – Ministério do Meio Ambiente, que convidaram o Instituto Akatu a integrar uma roda de conversa com a TV Escola e a Agência Nacional de Águas. Foi a oportunidade de estudantes e especialistas conhecerem mais de perto o Edukatu, apresentado pela Silvia Sá, gerente de Educação do Akatu.

Além disso, um stand interativo do projeto ficou aberto ao público nos três primeiros dias do evento, de sábado à segunda-feira. Os visitantes tiveram acesso a uma grande tela TouchScreen para explorar alguns dos conteúdos interativos desenvolvidos pelo Edukatu no chamado “Circuito Natureza”. Os estudantes e professores também puderam inscrever suas escolas e projetos na rede de aprendizagem no próprio stand.

Esta foi a etapa nacional da conferência, resultado de mais de 17.000 encontros e debates que aconteceram em todo Brasil ao longo de 2013, com o objetivo de levantar questões socioambientais e elaborar projetos de ação que transformem a escola em um espaço educador sustentável.

A IV CNIJMA reuniu 673 estudantes com idades entre 11 e 14 anos, considerados os “delegados” das escolas de todo o país, além de professores, facilitadores de coletivos jovens de meio ambiente, técnicos de secretarias estaduais e municipais de educação e meio ambiente e membros de organizações não governamentais.

 

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: