Vai tirar férias? Leve junto o consumo consciente

Com mais tempo livre, corre-se o risco de consumir mais; o desafio é curtir sem desperdício e contagiando outras pessoas que chique é ser sustentável

Férias é mais que descansar, deixar de lado por alguns dias as preocupações do trabalho e dos estudos, é um estado de espírito, que pode ser livre, leve, solto e sustentável.

Aproveite para viajar com as pessoas queridas, realizar novos e velhos sonhos, descobrir cheiros, cores e sabores, mas pense e planeje antes para curtir de forma solidária e sustentável. Lembre-se de que você não “ganha” dinheiro, apenas troca seu trabalho por bens e serviços, o dinheiro é meio, não fim. Portanto, faça valer a pena, para você, para sua saúde, para sua família e para o planeta. Não se esqueça de que, na volta das férias, o boleto do cartão de crédito terá de ser pago e que o mais legal não é mostrar o que você comprou, mas contar as experiências que lhe fizeram uma pessoa melhor.

Se você ainda não sabe aonde ir nessas férias, clique aqui para conhecer o conceito de turismo sustentável, uma prática vem crescendo no Brasil. São lugares e roteiros que proporcionam ao turista lazer com consciência e respeito ao meio ambiente e às pessoas visitadas. Além disso, ao ler o texto, você vai conhecer agências de viagens e projetos que buscam popularizar esse tipo de prática no Brasil.

Conheça também o programa do governo federal que incentiva o turismo sustentável.

Abaixo, veja algumas dicas de consumo consciente que podem ajudar você a ter umas férias com impactos positivos sobre a economia, a sociedade e o meio ambiente:

– Planeje seus gastos
Faça um orçamento de viagem que seja compatível com suas possibilidades, incluindo os gastos com pequenas despesas e a eventual compra de lembranças e presentes. Não ultrapasse o planejado, tomando cuidado especial com o uso de cartões de crédito, evitando trazer dívidas de viagem;

– Viaje leve
Se for viajar, faça-o com o mínimo de bagagem possível. Desse modo fica mais fácil deslocar-se em veículos pequenos, utilizar ônibus e trens, andar de bicicleta ou a pé. Além da economia de combustível e do menor impacto ambiental, você poderá ter um convívio mais estreito com o povo e com os costumes locais;

– Racionalize o consumo de água e energia
Nos hotéis, reutilize toalhas e roupas de cama, dispensando a troca diária. Apague as luzes e desligue o ar condicionado e outros aparelhos elétricos antes de sair do quarto. Evite sabão ou detergente quando usar fontes naturais de água;

– Siga as trilhas e cuidado com o lixo
Nos passeios em parques naturais, museus ou monumentos, circule apenas em locais permitidos à visitação. Jogue o lixo exclusivamente em locais apropriados e pratique a coleta seletiva. Deixe os locais como você os encontrou: leve apenas fotos e boas recordações;

– Prefira alimentos e artigos locais, chame guias nativos
Pratos típicos, artesanato local e todo tipo de artigos produzidos localmente resumem a cultura do destino visitado. Respeite e fortaleça a identidade de suas populações. Aproveite melhor os passeios em companhia de guias nativos credenciados. Eles se sentem reconhecidos, além de terem na atividade uma forma de geração de renda de maneira sustentável;

– Não caia no golpe do “marketing verde” e “marketing social”
Procure informações e dê preferência a hotéis e pousadas com práticas comprovadas de responsabilidade socioambiental antes de escolher onde se hospedar. Já no local, veja se elas fazem mesmo o que falam. Se não for verdade, use as redes sociais (you tube, orkut, facebook, twitter) para contar sua experiência pela internet. Faça o mesmo se for verdade. Caso não seja fornecido determinado produto, procure os órgãos oficiais como o Procon e o Judiciário.

Clique aqui para saber mais sobre o consumo consciente e ver algumas dicas práticas que você pode adotar no seu dia-a-dia.

Leve na bagagem os 12 Princípios do Consumo Consciente. Ajude a propagar o consumo consciente, divulgue a cartilha nas redes sociais como o Twitter e o Facebook.

Para seguir o Akatu no Twitter clique aqui.
Acompanhe o Akatu também no Facebook.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: