Trote do Consumo Consciente da Unicamp e do Akatu ganha prêmio

Recepção de calouros com o tema do Consumo Consciente concorreu com trotes de outras 200 faculdades e universidades

Pelos excelentes resultados alcançados e pela forma de organização, o Trote da Cidadania pelo Consumo Consciente da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) foi escolhido o melhor projeto para o prêmio Trote da Cidadania 2007, promovido pela Fundação Educar DPaschoal. A Unicamp concorreu com quase 200 outras faculdades e universidades, que se apresentaram para concorrer com projetos de trotes. Os segundo e terceiro lugares ficaram com os projetos da Universidade Federal Fluminense (UFF), de Niterói (RJ), e da Universidade de Salvador (Unifacs), na Bahia, respectivamente. Os estudantes envolvidos nos trotes receberam troféus e um curso com o tema “Voluntariado no Espaço Universitário”, ministrado em São Paulo.

Este é o quarto ano consecutivo em que o Akatu promove o Trote da Cidadania na Unicamp. Pela segunda vez, os resultados foram contabilizados. De acordo com Andréa Matsui, aluna do quarto ano da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC) e coordenadora geral do projeto Trote da Cidadania, o resultado mais animador foi a adoção do hábito de utilização de canecas por grande parte dos calouros. No início do ano, a comissão do trote distribuiu 8 mil canecas aos alunos recém-chegados para estimular seu uso em vez dos copos descartáveis, que geram uma grande quantidade de lixo. “Vemos um número grande de calouros utilizando canecas, até hoje”, comenta a estudante.

A pesquisa realizada pelos integrantes da comissão do trote comprovou o apoio de estudantes, funcionários e professores da universidade à retirada dos copos descartáveis dos Restaurantes Universitários da Unicamp. De acordo com o levantamento, cerca de 90% dos entrevistados se mostraram favoráveis à retirada dos copos descartáveis.

No gráfico abaixo é possível ver, em porcentagem, a adesão das canecas pelos usuários dos Restaurantes Universitários e, em reais, a quantidade de dinheiro economizado com a redução das compras de copos descartáveis. De acordo com a comissão do trote, os resultados serão mostrados à Reitoria da Unicamp e ao Conselho Universitário, para que mudanças comecem a ser feitas para eliminar ao máximo o uso de copos descartáveis que, ainda hoje, produzem  diariamente, 8 mil unidades de resíduo.

Outro fator para comemoração, de acordo com Andréa, é a inclusão de um dia com o tema Alimentos nas atividades do trote. Neste dia, Maluh Barciotte, consultora do Instituto Akatu, e representantes da Central de Abastecimento de Campinas (Ceasa) apresentaram informações sobre desperdício de alimentos. Houve ainda uma sessão de degustação de um bolo feito com cascas de banana promovida pelo Sesi e, à tarde, aproximadamente 200 alunos visitaram a cozinha do bandejão da Unicamp e puderam ver a quantidade de comida que é desperdiçada diariamente.

Segundo Andréia Matsui, em abril já pôde ser constatada uma ligeira redução da quantidade de comida desperdiçada no refeitório da universidade. São produzidos, diariamente na Unicamp, 5.260 quilos de comida, mas cerca de 350 quilos vão para o lixo todos os dias. “Daria pra 500 pessoas fazerem uma refeição”, diz a coordenadora.

As incursões dos estudantes nas comunidades do entorno para falar aos moradores sobre a importância da reciclagem também surtiram efeito. Em fevereiro deste ano, as cooperativas de reciclagem CooperBarão e Santa Genebra receberam, respectivamente, 46 toneladas e 16 toneladas de lixo reciclável, que foi separado pelos moradores. Já em abril, mês seguinte ao início do trote, as duas receberam, na mesma ordem, 71 toneladas e 20 toneladas.

Se você quiser seguir o Akatu no Twitter, clique aqui

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: