Sesc São Paulo celebra o Dia Mundial da Alimentação com intensa programação

O Sesc SP celebrará a data (no dia 16 de outubro) oferecendo mais de 160 atividades que refletirão sobre nutrição e alimentação saudável

Crédito: Divulgação/Sesc SP

 

Comemorado em 16 de outubro, o Dia Mundial da Alimentação celebra a criação da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) em 1945. Neste ano, com o tema “O clima está mudando. A alimentação e a Agricultura também”, a organização chama atenção para as relações entre as mudanças climáticas e as formas de produzir e consumir alimentos.

Para celebrar a data, o Sesc São Paulo promoverá, ao longo deste mês, mais de 160 atividades ligadas a temas como alimentação adequada e saudável, ato de cozinhar, mitos alimentares, rotulagem, publicidade e consumo nas unidades da capital, interior e litoral do estado. Haverá  bate-papos, feiras, palestras, oficinas culinárias, videodebates, vivências e intervenções culturais que visam estimular a reflexão sobre questões ligadas à alimentação e nutrição, do campo à mesa. Veja, a seguir, alguns destaques da programação.

SESC POMPEIA

Feira de Produtos Orgânicos e Sustentáveis
A agricultura orgânica incentiva o pequeno produtor, trabalha com preços justos e cultiva alimentos livres de elementos tóxicos. A feira tem o intuito de dialogar com a comunidade, promover a troca de informações sobre alimentação saudável e facilitar o acesso a uma variedade de produtos orgânicos, como verduras, frutas, raízes, ervas e preparações culinárias (pães, bolos, geleias), provenientes de diversos produtores.
Na Rua Central, dias 15 e 16/10 (sábado e domingo), das 11h às 16h.

Alimentação Saudável e o Novo Guia Alimentar
Nessa atividade, acontecerá uma conversa sobre como se alimentar de maneira simples, barata e saudável, seguindo os conceitos da 2º edição do Guia Alimentar para a População Brasileira. Com a nutricionista e colabora técnica do Guia Alimentar, dra. Maria Laura Louzada.
Livre e grátis. Dia 15/10 (sábado), das 11h às 12h. Dia 16/10 (domingo), das 14h às 15h.

Identificação de Plantas Alimentícias Não Convencionais
Plantas Alimentícias Não Convencionais (Pancs) são aquelas plantas esquecidas, que sumiram das feiras e das hortas. Resistentes e persistentes, podem ser encontradas nascendo até nas calçadas, nos quintais não capinados ou em vasos deixados de lado. Esta atividade propõe um resgate dessas hortaliças, legumes e frutos, apresentando seu cultivo e consumo e mostrando como inseri-los no nosso dia a dia. Expedição com Guilherme Reis Ranieri.
Dia 15/10 (sábado), das 10h às 12h.

CENTRO DE PESQUISA E FORMAÇÃO – CPF

Alimentação na Ciência e na Cultura
Os desafios entre as abordagens socioantropológicas e da ciência da nutrição sobre a alimentação contemporânea, e o papel de profissionais que lidam com alimentação em diferentes campos são abordados neste encontro, que faz parte da programação do Dia Mundial da Alimentação. Com Rosa Wanda Diez Garcia, nutricionista, pos-doutorada em Antropologia da Alimentação na Universitat de Barcelona e professora do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.
Acima de 16 anos. R$ 15,00. R$ 7,50 (uuu). R$ 4,50 (ttt). Dia 10/10 (segunda), das 19h30 às 21h30.

SESC SANTO ANDRÉ

Do que São Feitos os Alimentos
Bate-papo interativo e bem-humorado para que adultos, adolescentes e crianças possam entender sobre a composição dos alimentos ultraprocessados e a importância de uma alimentação saudável. Com Francine Lima, jornalista e mestra em nutrição para a saúde pública.
Espaço de Tecnologia e Artes. Dia 15/10 (sábado), às 12h.

Frutas do Brasil
Bate-papo com Douglas Bello, fundador e proprietário do Sítio do Bello, projeto focado no resgate de frutas nativas. Experiência sensorial, vivência e degustação de frutas típicas do Brasil, da estação e de produtos derivados de frutas nativas, tais como sucos, geleias, sorvetes e doces. Alguns produtos também estarão disponíveis para compra.
Vagas limitadas. Palco Comedoria. Livre. Grátis. Dia 16/10 (domingo), às 11h30.

Eu Nunca Experimentei, mas Acho que É Ruim
Uma história divertida e lúdica, contada com recursos como bonecos feitos a partir de utensílios de cozinha, narração e músicas autorais ao vivo, além de brincadeiras. Por fim a história convida a dançar e a brincar, buscando o compromisso de escolher uma alimentação saudável. Com a Cia Clara Rosa.
Área de Convivência. Dia 16/10 (domingo), às 16h.

As unidades interioranas do Sesc também realizam atividades ao longo do mês de outubro. Alguns destaques abaixo:

SESC PIRACICABA

Doce Mentira
(Sugar Coated, Michèle Hoser, Canadá, 2015, 91 min)
O negócio do açúcar tornou-se um império multibilionário enquanto adoçava os alimentos, ao passo que as taxas de obesidade, diabetes e doenças cardíacas disparam. Enquanto indústria e ciência duelam, estaríamos nós sentados em uma dieta bomba-relógio? Na sequência, bate-papo com a nutricionista, dra. Denise Giácomo da Motta.
Livre. Grátis. Dia 04/10 (terça), às 20h.

Receitas de Memórias
Vamos acolher e recolher relatos culinários a partir de registros, lembranças afetivas e receitas compartilhadas pelos idosos. Posteriormente, realizaremos oficinas com o preparo e a degustação das receitas. Uma parceria com o curso de gastronomia da Unimep e o movimento Slow Food Piracicaba.
Teatro. Dia 18/10 (terça), às 14h.

SESC SOROCABA

Mulheres na Agroecologia – Por uma Segurança Alimentar e Nutricional
Diálogo sobre o papel das mulheres na construção do processo agroecológico do Brasil. Participam expoentes da pesquisa e extensão em agroecologia e representantes dos movimentos sociais nos assentamentos rurais. Com Ana Maria Primavesi, Ondalva Serrano e Maria Rodrigues.
Retirada de ingressos com 1h de antecedência (70 vagas).
Sala de Oficinas. Não recomendado para menores de 14 anos. Grátis. Dia 07/10 (sexta), às 19h.

IV Feira Agroecológica e Cultural
Com apoio da Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp), a feira homenageará o feminino nas tradições e fazeres do meio rural, tendo como base as matrizes indígena, caiçara e caipira. Através de manifestações culturais (folias de reis, narração de histórias com causos caipiras, grupos de batuqueiros do Nordeste, intervenções de repentes) e da comercialização de produtos agroecológicos de produtores de Sorocaba e região, pretende-se ampliar os espaços de encontro entre produtores rurais familiares de assentamentos e suas manifestações socioculturais.
Convivência. Dias 08 e 09/10 (sábado e domingo), das 10h às 18h.

Veja a programação completa no portal do Sesc SP.

Consumo consciente de alimentos
A transição para um novo modelo de civilização, mais sustentável, tem como um de seus fundamentos um estilo de vida mais saudável, que privilegie alimentos nutritivos. Adotar critérios conscientes para o consumo dos alimentos, como qualidade, origem, preço, informações sobre os impactos sociais e ambientais causados pela empresa fabricante, pode trazer grandes benefícios para sua saúde, para a sociedade e para o meio ambiente. Além disso, vale lembrar da importância em não desperdiçar comida. É importante  reaproveitar as sobras em outras receitas saudáveis, utilizá-las em composteiras ou ainda doá-las.

 

Leia mais:

Brasileiro consome doces e refrigerantes em excesso, mostra estudo

Como alimentar cada vez mais pessoas de modo sustentável?

Estudo da ONU ressalta dietas vantajosas para saúde e meio ambiente

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: