Dow Chemical cria horta no topo do prédio de sua sede em São Paulo

A multinacional aproveitou o espaço vazio para plantar hortaliças e legumes que são consumidos pelos funcionários

A sede da Dow fica no Brooklin, em São Paulo (Foto: Divulgação Plant)

 

A  sede da empresa norte-americana do setor químico Dow Chemical, em São Paulo, criou uma horta no topo de seu prédio.

É no refeitório dos funcionários da empresa que os alimentos orgânicos cultivados na horta urbana são servidos. O local serve cerca de mil refeições por dia e todo o resíduo orgânico que seria desperdiçado é direcionado a um sistema de compostagem que gera adubo orgânico. Dessa forma, os legumes e as hortaliças plantados no espaço são retroalimentados com o adubo produzido no próprio local.

Além de render alimentos, essa iniciativa ajuda na diminuição das ilhas de calor entre os prédios, na redução das emissões de CO2 e na consciência alimentar das pessoas envolvidas. Os funcionários são também convidados a ajudar na manutenção da horta, para resgatar o contato com a terra.

Esse tipo de ação estimula a mudança de hábitos do consumidor e geram efeito multiplicador. Aos poucos, outras iniciativas como esta surgem e impactam da melhor forma o meio ambiente e a vida dos consumidores.

A horta urbana foi idealizada pela Plant, uma startup que venceu um hackaton do Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) na Campus Party 2017.

 

 

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: