Saiba quais são as melhores frutas para consumir em agosto

Veja quais são as frutas que estão na sua safra natural nas cinco regiões brasileiras

 

Dê preferência a aqueles que estão na sua safra natural, pois estão mais saborosos, nutritivos e são produzidos com menor impacto ambiental

Hoje em dia, uma grande variedade de frutas e hortaliças pode ser encontrada nas feiras e nos supermercados durante o ano todo. Isso é possível com o uso de técnicas de produção agrícola, o que envolve estufas, sementes modificadas e maior uso de pesticidas e fertilizantes.

Cada fruta ou hortaliça tem um ciclo natural de crescimento e amadurecimento, já que cada planta tem “preferências” por determinados períodos por conta de suas condições climáticas. Por isso, o ideal é consumi-las na sua safra natural, quando elas estão mais nutritivas, saborosas e abundantes – consequentemente, mais baratas.

As “frutas da estação” geralmente são produzidas em locais próximos aos seus pontos de distribuição. Optar por consumi-las contribui para a redução do impacto ambiental uma vez que essa prática impulsiona a economia local, diminuindo as distâncias entre produtor e consumidor e o desperdício de produtos durante o seu transporte.

Com o objetivo de valorizar esses alimentos, o Instituto Akatu irá, todos os meses, divulgar quais são as frutas,  “da estação”*.

Em agosto, no Norte, começa a época do açaí. O fruto de uma palmeira amazônica caiu no gosto dos brasileiros de todas as regiões do Brasil e fez fama até em outros países por suas propriedades energéticas e antioxidantes. A forma de consumi-lo, porém, varia bastante conforme a região. No Norte, a polpa da fruta forma uma pasta densa que serve de acompanhamento para o jabá (carne seca) e o peixe frito ou grelhado, junto com farinhas de mandioca e/ou tapioca. No Sudeste, a polpa é consumida congelada, adoçada com xarope de guaraná e complementada com frutas como banana e morango. Além do açaí, outras frutas estão na época no Norte como cajá, mangaba, bacuri, maracujá, melancia e melão.

 

Caju é do Brasil!

Fruta regional e nativa que entra está na safra no Nordeste em agosto, o caju fornece a castanha (que é o fruto em si) e também a polpa, para fazer sucos, doces e diversas receitas. Acerola, ciriguela, manga, melancia e melão também estão na época no Nordeste.

No Centro-Oeste, o destaque vai para o baru, fruto da estação que nasce em uma árvore do Cerrado. Do baru é aproveitada uma amêndoa rica em nutrientes antioxidantes – isto é, previne o envelhecimento celular precoce – que é consumida torrada, geralmente como um petisco. Em agosto também é safra de outros frutos do Cerrado como catolé, grão-de-galo, coco-indaiá, loteira, macaíba e xixá.

 

A popular banana está na sua melhor época em agosto no Sudeste. Rica em fibras, vitaminas e minerais, é uma fruta com diversas funcionalidades atribuídas: ajuda a evitar câimbras, a controlar a fome e a melhorar o humor – sem contar que é versátil e cai bem tanto natural como em receitas variadas. No Sul, é hora de aproveitar o fim da safra do morango.

Vale lembrar que a lista de frutas da estação* pode ser influenciada por diversos fatores como as variações climáticas, por exemplo.

*Fontes: Ministério da Saúde, Embrapa, Sebrae, Ceagesp 

 

 

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: