Sabor e criatividade contra o desperdício

O Sesi-SP (pertencente ao sistema FIESP, parceira institucional do Akatu) lançou na segunda-feira, dia 24 de abril, em sua sede na avenida Paulista, o livro…

O Sesi-SP (pertencente ao sistema FIESP, parceira institucional do Akatu) lançou na segunda-feira, dia 24 de abril, em sua sede na avenida Paulista, o livro "Alimente-se Bem – fundamentos, estratégias e realizações". O lançamento do livro comemora os cinco anos do projeto "Alimente-se Bem", que já capacitou aproximadamente 300 mil pessoas no Estado de São Paulo. Além dos resultados do projeto, a publicação traz também números surpreendentes revelados por uma pesquisa inédita realizada em parceria com o Instituto de Biociências da Unesp de Botucatu sobre os valores nutricionais de partes normalmente descartadas dos alimentos, tais como folhas, talos e cascas.

Alguns exemplos de dados revelados pela pesquisa: a casca do limão possui um teor de potássio duas vezes maior do que o da banana; a casca de melão tem três vezes mais cálcio do que sua própria polpa; a casca da laranja oferece um alto teor de cálcio, superando o existente na polpa de mamão, além de ter mais fibras do que a polpa de maçã, goiaba e abacaxi.

Bolo de casca de banana

Massa:

4 unidades de cascas de banana

2 ovos

2 xícaras (chá) de leite

2 colheres (sopa) de margarina

3 xícaras (chá) de açúcar

3 xícaras (chá) de farinha de rosca

1 colher (sopa) de fermento em pó

Cobertura:

1 ½ xícara (chá) de açúcar

1 ½ xícara (chá) de água

4 bananas

½ unidade de limão

Lave as bananas e as descasque. Bata as claras em neve, reserve na geladeira. Bata no liquidificador as gemas, o leite, a margarina, o açúcar e as cascas de banana. Despeje essa mistura em uma vasilha e acrescente a farinha de rosca. Mexa bem. Por último, misture delicadamente as claras em neve e o fermento. Despeje em uma assadeira untada com margarina e farinha. Leve ao forno médio preaquecido por aproximadamente 40 minutos. Para a cobertura, derreta o açúcar na panela e junte a água, fazendo um caramelo. Acrescente as bananas cortadas em rodelas e o suco de limão. Cozinhe. Cubra o bolo ainda quente.

Com base nos costumes alimentares de habitantes do Estado de São Paulo, os nutricionistas do Sesi-SP desenvolveram receitas com talos, folhas e cascas de alimentos (veja uma delas no quadro ao lado). As dicas e informações nutricionais são passadas por meio dos cursos, onde são fornecidos também os livros do projeto com as receitas desenvolvidas pelos nutricionistas.

Projetos como esse vão ao encontro de práticas de consumo consciente que o Instituto Akatu dissemina. O consumidor consciente deve adotar hábitos que evitam o descarte desnecessário de produtos. Isso é possível, por exemplo, adequando nossas atividades do dia-a-dia às propostas dos 4 Rs: Repensar sobre os atos de consumo, Reduzi-lo sempre que for possível, Reutilizar produtos e embalagens e Reciclar, separando seu lixo.

O lixo é um tema de grande preocupação para o Instituto Akatu, em função do seu enorme impacto ao meio ambiente. O consumo excessivo, sem planejamento, contribui para o seu aumento. No Brasil, são produzidos 43,8 milhões de toneladas de detritos por ano, sendo que 65% desse volume é lixo orgânico (dados da Abrelpe).

A fala da nutricionista do Sesi-SP, Legiane Rigamonti, presente no livro, reflete o quanto o projeto pode influir nos hábitos de consumo: “As pessoas, depois do curso, começam a fazer melhor o planejamento das compras, uma melhor variedade do cardápio. Quando vão à feira, já se programam: se compram abóbora, não têm mais só uma refeição com abóbora. Já conseguem fazer duas preparações diferentes: utilizam a casca para o almoço e a polpa para o jantar. Dessa maneira, aprendem a conhecer o valor nutritivo do alimento, sabem quando estão consumindo casca de abóbora é vitamina A e passam isso para a família de uma maneira simples. O programa acaba se multiplicando informalmente: o aluno que faz o curso divulga para os vizinhos, para as famílias”.

O lançamento de "Alimente-se Bem – fundamentos, estratégias e realizações" ocorreu dentro do 1º Congresso Internacional sobre Alimentos Funcionais, que contou com a presença de especialistas de áreas tecnológicas e científicas da produção de alimentos e com representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), da Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA), da Universidade de São Paulo (USP) e da Federação das Industrias do Estado de São Paulo (FIESP).

Quem tiver interesse nos cursos do projeto "Alimente-se Bem" pode obter pelo telefone (11) 3333-7511 mais informações, tais como qual é a unidade do Sesi mais próxima de sua casa em que o curso é oferecido.

Veja tabela com valores nutritivos das diferentes partes de frutas, legumes e vegetais.

Se você quiser seguir o Akatu no Twitter, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: