Rede Nossa São Paulo lança programa Cidades Sustentáveis

Projeto, do qual Akatu é parceiro, prevê mecanismos para influenciar e comprometer candidatos e futuros prefeitos a adotar ações sustentáveis

A partir de amanhã, sexta-feira (19/08), às 9h30, os cidadãos brasileiros poderão contar com uma série de ferramentas para influenciar e comprometer os candidatos no ano que vem e prefeitos empossados em 2013 a adotar uma governança pautada pela sustentabilidade. Trata-se do Programa Cidades Sustentáveis, iniciativa da Rede Nossa São Paulo, Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis e do Instituto Ethos. O Instituto Akatu é parceiro do programa.

Os interessados poderão acompanhar a cerimônia ao vivo, pelo site. O link para na a transmissão estará disponível na página inicial a partir das 9h de amanhã.

Segundo os promotores da iniciativa, o programa tem o objetivo de sensibilizar, mobilizar e oferecer aos governantes ferramentas para que as cidades brasileiras se desenvolvam social, ambiental e economicamente sustentáveis. O programa inclui, entre outras, um banco de mais de 300 indicadores de sustentabilidade, modelos de relatórios para prestações de contas à sociedade e referências internacionais de práticas de governança sustentável já aplicadas e que deram certo em cidades como Tóquio, no Japão, e Gasteiz, na Espanha.

A Plataforma Cidades Sustentáveis, desenvolvida ao longo de 2010 pela Rede Nossa São Paulo para constituir um banco de dados com práticas exemplares e políticas bem sucedidas de sustentabilidade urbana, passa agora a fazer parte do Programa Cidades Sustentáveis. Este último, com foco nas próximas eleições, “inova ao apresentar ferramentas importantes para o engajamento dos candidatos e o acompanhamento da sociedade civil”, afirmam em nota os organizadores da iniciativa.

No evento de lançamento serão apresentados:

–  Indicadores de Sustentabilidade Urbana para os 12 eixos temáticos que constarão da Carta Compromisso a ser assinada pelos candidatos às eleições municipais;

– Casos exemplares para os indicadores. O objetivo é que as boas práticas orientem a gestão pública no sentido de melhorar os diversos indicadores de forma integrada;

– Relatório online de prestação de contas da Carta Compromisso;

– Nova versão do Programa no site;

– Campanha publicitária e vídeo institucional do Programa.

Haverá ainda um debate sobre o desenvolvimento sustentável das cidades, numa perspectiva nacional e internacional, o pronunciamento de entidades representativas dos prefeitos brasileiros, a apresentação de propostas para as cidades-sede da Copa de 2014 e da Olimpíada de 2016, e o papel das cidades na Rio+20.

Leia também:
Cidades Sustentáveis têm metas e indicadores de consumo consciente

Siga no twitter
Curta no facebook

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: