Promessas Controversas

Ex-opositores se unem em filme que agora defende a energia nuclear como única saída viável para o mundo

 

O documentário Promessa de Pandora tem muitas informações polêmicas sobre a energia nuclear, mas talvez não sejam as que você espera. O diretor Robert Stone reuniu um grupo variado de ex-críticos – ambientalistas, ativistas, escritores – para mostrar uma mudança de comportamento: todos eles agora apoiam a produção desse tipo de energia. Mais do que isso, eles a veem como a única saída possível para manter o ritmo da nossa sociedade sem causar um colapso completo do planeta. “Seria bem melhor se eu tivesse mantido a minha boca fechada”, confessa um deles, referindo-se à alteração radical de postura. “Mas não consegui.”

A base do filme (uma coprodução da divisão de longas da CNN) está na desmistificação de lendas comuns sobre as usinas nucleares: ele investiga o impacto real de acidentes como os de Chernobyl e Fukushima; lembra os motivos reais do medo da radiação, algo que se originou na criação da energia nuclear para fins militares, com as bombas que destruíram Hiroshima e Nagasaki em 1945; debate a dificuldade de se comunicar ao público aspectos básicos e reais sobre o assunto; o lobby da indústria petrolífera contra a nuclear; e o detalha o simples e puro fracasso de alternativas como a energia eólica e solar.

Em alguns momentos, Promessa de Pandora soa tão radical quanto os opositores da energia nuclear, quase como se estivesse tentando forçar um conceito complexo a ser absorvido sem muito questionamento. O argumento de que o desenvolvimento e enriquecimento de países como Brasil, China e Índia indicam um futuro nebuloso para o consumo de energia é real, mas a solução definitiva não caberia em um filme de 80 minutos. Funcionaria mais um ponto inicial de um longo debate que deveria ser iniciado.

Promessa de Pandora será exibido durante a 3ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambeintal, nas seguintes datas e locais: sábado (22 de março), no Cine Livraria Cultura, às 21h; quarta (26), na Matilha Cultural, às 20h; domingo (30), no Centro Cultural São Paulo, às 18h.

. : LEIA MAIS ; ESPECIAL 3ª MOSTRA ECOFALANTE DE CINEMA AMBIENTAL : .

Sobre a 3ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental
Confira a programação completa

Lamento dos Camponeses ; Resenha – Pressão no Campo
A Escala Humana ; Resenha – Reformatando Cidades
Figurões ; Resenha – Exploração Sem Regras

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: