Preste atenção nos pequenos gastos, eles podem ser a solução

Dizem os especialistas em finanças pessoais que, muitas vezes, a causa do descontrole financeiro são as pequenas despesas, como os almoços fora de casa, as visitas aos salões de beleza, a compra de pequenos itens com gastos individuais aos quais não damos importância

Quase todo mundo já passou pela experiência de sair de casa com 50 reais na carteira e, ao final do dia, ter gasto tudo e não conseguir se lembrar no que o dinheiro foi gasto.

É importante lembrar que não se gasta apenas nas grandes compras, mas também nas pequenas.

Algumas despesas mensais como, por exemplo, a pizza do final de semana com a família, os vários cafezinhos diários, os almoços aos domingos em restaurante, e até o cigarro ou o chopinho com os amigos no final do expediente podem representar um montante que, se economizado, se transformaria em uma poupança significativa e que poderia ajudar muito na compra de um imóvel ou na complementação da aposentadoria.

Basta fazer uma conta simples para mostrar o resultado de reduzir alguns dos pequenos gastos feitos ao longo de um mês: ao adicionar gastos diários com cafezinhos, pequenas despesas semanais como refeições fora de casa e custos mensais provenientes de uso excessivo do celular, é possível  economizar algo como R$ 320,00.

Se esses R$ 320,00 fossem aplicados, todos os meses, a uma taxa média de 6% ao ano, equivalente à taxa de uma caderneta de poupança, seria possível acumular, em dez anos, mais de R$ 52.000,00; em 20 anos, mais de R$145.000,00; e, em 30 anos, mais de R$ 313.000,00, valores estes que poderão ser muito úteis para complementar a aposentadoria.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: