Pneu vira móveis e outros objetos de decoração

Daniel Beato, artista plástico, transforma pneus inservíveis em cadeiras, mesas, floreiras e outros utilitários

Os pneus geralmente são reaproveitados como combustíveis para fornos de cimenteiras e outras indústrias pesadas. No entanto, quando chegam às mãos de Daniel Beato, artista plástico com formação em Desenho Industrial, os pneus geralmente se transformam em mesas, cadeiras, móveis, floreiras e outros objetos que possam ser úteis para a casa. “Antes de pensar na reciclagem, temos que trabalhar na reutilização, porque você econonomiza a energia gasta no processo de reciclagem. Ao meu ver, é mais interessante esse tipo de trabalho”, afirma Beato, que já reaproveitou cerca de 3,6 mil pneus usados, segundo seus cálculos.

Ex-empregado no setor de cenografia para televisão, Beato sempre trabalhou com resíduos como garrafas PET e alumínio. No entanto, o interesse de Beato pelo material surgiu pouco depois, em 2001, quando a família trocou os pneus dos carros na mesma época. “Tinha um monte de inservíveis em casa. Não sabia o que fazer com eles, mas resolvi deixar até ver se tinha alguma idéia”. No total, foram 12 peças que permaneceram por um mês na garagem de sua casa. “Mas estavam debaixo da cobertura”, apressa-se em explicar.

Quando experimentou montar alguma coisa com os pneus, Beato conta que percebeu que dois pneus empilhados “formavam um banco na altura ideal”. O experimento deu certo, Beato desenvolveu novos produtos e hoje, ele percorre o país oferecendo seminários, oficinas e capacitações de reaproveitamento de carcaças de pneus para produção de outros objetos de utilidade doméstica, por meio do Projeto Arte Em Pneus. Segundo ele, são 93 alunos capacitados em vários Estados brasileiros.

Os trabalhos com pneus têm sido apreciados não só no Brasil, mas também em todo o mundo. Tanto que ele não pretende abandonar o reaproveitamento do produto. “Talvez eu possa agregar algum outro resíduo aos pneus, que são um problema sério. Mas largar, não”.

Conheça o site do Projeto Arte em Pneus.

Se você quiser seguir o Akatu no twitter, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: