Pesquisa vai revelar o que os jovens do mundo pensam sobre vida mais sustentável

Instituto Akatu coordena a parte brasileira de pesquisa mundial promovida pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma)

O Instituto Akatu está coordenando a aplicação e a análise no Brasil da pesquisa Global Survey on Sustainable Lifestyles (Estudo Global sobre Estilos de Vida Sustentáveis), realizada por instituições nacionais e internacionais em vários países sob coordenação global do Pnuma. O objetivo da pesquisa é entender como os jovens entre 18 e 35 anos, de diferentes culturas e regiões do mundo, imaginam e configuram estilos de vida mais sustentáveis, além de explorar como eles constroem esses estilos com base em suas próprias experiências e criatividade. Um dos pontos que será abordado é como os jovens percebem os impactos de suas ações em seu cotidiano.

Essa pesquisa é parte do Processo de Marrakesh para Consumo e Produção Sustentável, um programa da Organização das Nações Unidas que desenvolve iniciativas regionais e nacionais de construção e promoção de padrões de produção e consumo sustentáveis. O Akatu foi convidado a coordenar a parte brasileira da pesquisa pelo Pnuma (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) por ser considerado uma referência em consumo consciente no país.

Na maioria dos países, a pesquisa será focada principalmente no comportamento social e cultural desses jovens e será realizada por meio de 250 entrevistas via internet. No Brasil, o Instituto Akatu vai ampliar quantitativamente essa amostra. Isso será possível por meio da colaboração da empresa de pesquisas Ipsos, que doou gratuitamente a análise dos dados. Serão 1000 entrevistas presenciais, em 10 regiões metropolitanas: São Paulo, Rio de Janeiro, Belém, Belo Horizonte, Porto Alegre, Fortaleza, Recife, Curitiba, Goiânia e Brasília. Além das perguntas comuns aos outros países envolvidos na pesquisa, o Akatu inseriu questões relacionadas a renda e classe social, buscando traçar um perfil sócio-econômico, cultural e comportamental dos jovens.

Os resultados da pesquisa serão apresentados de duas maneiras. No relatório mundial, a ser publicado pelo Pnuma, os dados brasileiros serão comparados aos de outros países. No relatório brasileiro, será publicada a análise completa dos dados e um sumário de conclusões, ambos assinados pelo Akatu e pela Ipsos. As empresas patrocinadoras da pesquisa são o Banco Itaú e a Nestlé, parceiros pioneiros do Akatu, o Bradesco, parceiro estratégico do Akatu e a Coca-Cola, associado benemérito.

Os resultados da pesquisa permitirão conhecer melhor os hábitos e a visão de mundo dos jovens, segmento decisivo para garantir que o consumo seja exercido de uma forma sustentável nos próximos anos. Esses resultados permitirão desenhar estratégias específicas de sensibilização e mobilização para o consumo consciente e para a sustentabilidade voltadas a esse público.

Se você quiser seguir o Akatu no Twitter, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: