Pedale para fugir do trânsito no final de ano

Quem ainda não experimentou trocar o carro pela bicicleta pode contar com a ajuda do Movimento Bike Anjo

Trocar o carro pela bicicleta é uma promessa de ano novo que muitos já fizeram. Mas não é preciso esperar a virada do ano para começar a pedalar por aí. Com o aumento do tráfego e dos congestionamentos que antecedem a época das festas, não faltam motivos para experimentar ou se aperfeiçoar nesse meio de locomoção. Além de contribuir para a diminuição do trânsito, poluição e aquecimento global, você ainda pode aproveitar para se exercitar e cuidar da forma até as férias de verão. Por que não experimentar?

A notícia boa é que existe gente disposta a te ajudar e a dar um empurrãozinho… O Bike Anjo é um serviço voluntário oferecido por ciclistas experientes que ajuda quem precisa de uma forcinha para dar as primeiras pedaladas no meio urbano, se locomover melhor de bicicleta no trânsito, descobrir novas rotas ou até mesmo começar a adquirir segurança para andar sobre duas rodas. O movimento também disponibiliza dicas de locomoção e conduta no trânsito em seu site e realiza eventos como oficinas de aprendizagem e pedaladas pela cidade em parceria com outras organizações.

Antes do ano acabar, o movimento promoverá duas oficinas “Aprendendo a pedalar” para iniciantes no pedal, em parceria com o coletivo feminino de ciclistas Pedalinas. Aberta a todas as idades e realizadas sempre no último domingo de cada mês, as últimas oficinas de 2012 acontecerão nos dias 25/11 e 30/12.

“As pessoas nos procuram por conta da ineficiência do transporte nas cidades, o que está ligado ao atual modelo de consumo da sociedade”, comenta João Paulo Amaral, coordenador do Bike Anjo e um dos fundadores do projeto. Ele explica que é crescente a tendência de adoção de alternativas de transporte que sejam mais sustentáveis, promovam qualidade de vida e proponham uma opção ao uso do carro e à intensificação do trânsito.

Quem já pedala bem e quiser contribuir com a iniciativa sendo um Bike Anjo, também pode se cadastrar no site para oferecer ajuda, passando a integrar a rede de incentivo ao uso de bicicletas como meio de transporte. Esse é o caso de Juliano Mendonça, assessor técnico do Instituto Akatu, que já participou do Bike Anjo como voluntário. “Tinha vontade de ver mais gente de bicicleta na cidade, já que quando pedalamos temos mais noção dos benefícios que essa prática traz. A bicicleta não é somente um meio de transporte ou de lazer, ela é uma ferramenta de integração com a cidade”, alerta.

Nunca é tarde para conhecer um novo meio de transporte como a bicicleta. Que tal tentar?
Confira o Bike Anjo no facebook.

Veja o vídeo do Movimento:

Siga no twitter.
Curta no facebook.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: