Limeira (SP) realiza oficina para multiplicar o consumo consciente de energia elétrica

A multiplicação também pode ser entendida no consumo consciente de energia elétrica quando refletimos sobre ações que podem ser replicadas de diversas formas e incontáveis vezes, em casa, no trabalho, na comunidade e no município

Multiplicar. Essa é a conta que queremos fazer com o consumo consciente de energia elétrica! Com esta ideia que a Elektro e o Edukatu chegaram em Limeira (SP), nos dias 20 e 21 de outubro, com a Oficina sobre Consumo Consciente de Energia Elétrica, cujo objetivo foi capacitar representantes de ONGs e pessoas que desenvolvem trabalhos sociais com a população para multiplicarem estes conhecimentos junto às comunidades.

“Vou usar em muitos e diferentes lugares as reflexões que aprendi na oficina. A gente não tem noção dos gastos! Aprendi aqui sobre energia virtual, que a gente consome e não vê! Isso me deixou chocada!”, afirma Genilda Vieira de Castro, administradora da Casa de Apoio Betânia. Assim como mobilizou Genilda, a oficina estimulou a mudança de hábitos durante a formação de mais 11 multiplicadoras de organizações com missões e públicos diferentes. “Para essas pessoas das organizações, a missão delas é algo que é a vida delas! Estamos trazendo a nossa causa do consumo consciente para somar a causa delas. E isso só vai agregar!”, afirma Edna Borges, consultora do Instituto Akatu.

Somando e dividindo conhecimentos, Sueli Ferreira e Deise Jéssica Guedes, pedagogas da ONG Núcleo de Valorização Humana Nova Vida, foram juntas para a formação e acreditam que o conteúdo e atividades da oficina mudarão suas rotinas. “Muitas vezes, a gente não faz uma reflexão sobre a importância do uso da energia e da sustentabilidade. E refletindo juntas, a gente passa para estudantes, as famílias deles e por aí vai! Vamos multiplicar os saberes e colocar em prática. Na sala de aula, a gente pode trabalhar novos hábitos promovendo roda de conversa, debate com as famílias ou outras formas apresentadas aqui no evento”, ilustra Deise.

Sem esconder o espanto com o conteúdo da oficina, Irani Aragão, lactarista do CREN (Centro de Referência Educacional e Nutricional), contou animada que aprendeu de forma simples e prática a economizar, mas o que marcou mesmo foram os números e dicas mobilizadoras. “Fiquei espantada em saber que em 1 minuto o que você economiza no banho, dá para carregar o celular 350 vezes! Essa é uma informação que vou aplicar e multiplicar. Vou passar isso para as pessoas que conheço e para as famílias na creche”.

Vontade de multiplicar os conhecimentos adquiridos foi o que mais se viu durante as 16 horas de oficinas. “Logo nas primeiras horas se via que, para muitas pessoas, era uma questão nova, que nunca tinham pensando no assunto. Nesse processo de multiplicação, primeiro sensibilizamos e, depois, fornecemos um repertório de como usar o material. Com certeza, o conhecimento será passado adiante pelos multiplicadores. Vai funcionar muito bem com esse grupo”, conclui Júlia Rosemberg, consultora do Instituto Akatu.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: