O virtual mais que o material

Nos 10 Caminhos para a Produção e o Consumo Conscientes, Instituto Akatu orienta consumidor e empresas a dar preferência a produtos e serviços virtuais

 

Para construir a sociedade do bem-estar – que proporcione o suficiente para todos, para sempre – o Instituto Akatu aponta os 10 Caminhos para a Produção e o Consumo Conscientes. Ao conhecê-los e valorizá-los, seja ao fazer suas compras no supermercado ou no modo de operar o seu negócio, você pode contribuir desde já para a construção de uma sociedade mais sustentável. A seguir, conheça o sexto caminho sugerido pelo Akatu:

6. O virtual mais que o material

A música ouvida no aparelho de MP3, o livro e a revista lidos em dispositivos eletrônicos, o filme baixado diretamente de uma “nuvem” são exemplos das possibilidades das opções virtuais. Além de não gerarem resíduos, as opções imateriais tendem a criar empregos de melhor qualidade que as materiais, apoiam o desafio do desenvolvimento de tecnologias mais avançadas, e gastam, ao longo da cadeia produtiva, menos água, energia e outros recursos naturais, como petróleo e derivados e outros minérios, dada a inexistência do produto físico. Também demandam menos transporte de cargas e pessoas, tanto nas etapas de extração, transformação e produção, quanto nas de distribuição e varejo, reduzindo ainda mais o uso de recursos naturais.

10 Caminhos para a Produção e o Consumo Conscientes

1. O durável mais que o descartável
2. A produção local mais que a global
3. O compartilhado mais do que o individual
4. O aproveitamento integral e não o desperdício
5. O saudável nos produtos e na forma de viver e não o prejudicial
6. O virtual mais que o material
7.  A suficiência e não o excesso
8.  A experiência e a emoção mais do que o tangível
9.  A cooperação para a sustentabilidade mais do que a competição
10. A publicidade não voltada a provocar o consumismo

 

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: