O que levar na sua cesta de piquenique

Frutas frescas, grãos, lanches e sucos naturais são os itens mais recomendados; evite carnes e alimentos à base de leite

Dia 15 de outubro é Dia do Consumo Consumo e dia 16, domingo, é dia de comemorar com um piquenique. Você já organizou o seu? Para incentivar todos a aderirem à iniciativa, listamos alguns dos alimentos mais recomendados para a ocasião. Tudo para mostrar que é muito fácil fazer um piquenique. Afinal “praticidade é a palavra de ordem nesse tipo de convívio”, lembra Luciana Ramos Costa, nutricinista da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop) e especialista em planejamento de cardápio familiar.

E, enganam-se aqueles que pensam que, por ser uma refeição realizada fora de casa, o mais prático é optar por salgadinhos, biscoitos recheados, sucos e refrigerantes enlatados. “É possível consumir de forma consciente sempre, inclusive no piquenique. Neste caso o foco é preparar uma refeição prática e balanceada”, afirma Camila Melo, gerente do programa de educação do Instituto Akatu. Ela aponta quatro passos básicos para montar um cardápio sustentável no piquenique:

– Programe-se antes das compras. Antes de sair comprando, faça um cardápio. Em seguida, veja o que já tem em casa antes de ir à feira ou supermercado para não provocar desperdícios;

– Informe-se. Leia atentamente rótulos e embalagens dos produtos para observar não só o preço, a marca e a data de validade, mas também a composição dos alimentos. Evite aqueles com gorduras trans;

– Prefira orgânicos. Sempre que possível, opte por alimentos naturais e orgânicos e produzidos nas proximidades da sua cidade;

– Balanceie o carrinho de compras. Prefira alimentos certificados e balanceie o carrinho na feira e no supermercado procurando uma alimentação mais saudável e mais sustentável, para você e para a sua família.

Quando se pensa em cardápio para piquenique, diz Luciana, especialista da federal de Ouro Preto, o foco deve ser buscar alimentos que resistem à falta de refrigeração como frutas frescas, cereais e hortaliças. “Muitas vezes, por causa da conversa animada ou das brincadeiras com as crianças é difícil definir hora certa para a refeição, por isso, é fundamental que os alimentos sejam àqueles capazes de se conservar naturalmente”, explica a nutricionista. Pelo mesmo motivo, deve-se evitar produtos à base de leite, arroz, massas, legumes cozidos, ovos, frutos do mar e preparações com carnes cruas ou mal cozidas. “Eles se estragam facilmente e se isso não for detectado antecipadamente, pode causar intoxicações graves”, explica.

Vale lembrar que tudo que precisar de higienização deve ser lavado ainda em casa e os temperos para as hortaliças levados em separado e adicionados só na hora da refeição. “Repare que nenhum deles precisa ser descascado, o que evita a geração de lixo nos parques”, diz.

Alimentos mais indicados:
Fonte: Luciana Ramos Costa, doutora em nutrição pela Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop)

– Suco natural. O truque é congelar a bebida em pequenos cubos de gelo. Eles só devem ser retirados na hora de sair de casa, colocados em garrafas de vidro e estas em sacolas térmicas. Até a hora da refeição, o gelo já terá se desfeito, mas o suco ainda estará fresco. Prefira copos duráveis em vez dos descartáveis para evitar a geração de lixo;

– Frutas frescas e inteiras. Maçã, pera, goiaba, morango, pêssego, jabuticaba e cachos de uva são algumas das frutas indicadas. Além do tamanho médio delas corresponderem a “porções individuais”, essas frutas não precisam ser descascadas e não geram grandes volumes de lixo. Para transportar, é só embalar em uma sacola retornável;

– Hortaliças. As mais indicadas são a cenoura, a beterraba e o pepino. Devem ser levadas já fatiadas ou picadas e só temperadas na hora da refeição. A cenoura pode ser ralada para rechear o lanche. Coloque tudo em um pote;

– Grãos e cereais. Castanhas de caju ou do pará, biscoitos e pães integrais e barras de cereal. São ideais para fornecer calorias à refeição. Podem ser levadas ao piquenique em potes;

– Bolos. Também entram na lista, mas, a não ser que seja para comemorar um aniversário, devem ser levados já fatiados ou feitos em formas de porções individuais e de preferência, sem recheio para evitar a deterioração precoce. Basta embalar em guardanapos.

Lembre-se: piquenique-se dia 16. Você não vai ficar de fora! Escolha o parque, chame as família e os amigos. Espalhe essa ideia!!!
Siga no twitter.
Curta no facebook.
Adicione no orkut.

 

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: