Novo aplicativo SP Sem Carro ajuda a se deslocar pela cidade

App para quem não faz uso do automóvel oferece trajetos para ir ao destino a pé, de bike, metrô, ônibus, trem e táxi

Crédito: Divulgação

 

O projeto “Como Viver em São Paulo Sem Carro” e o Instituto de Engenharia lançam amanhã (28/10) o aplicativo SP Sem Carro. A ferramenta orienta o deslocamento pela cidade de São Paulo por meio de diversos modais, como a pé, de bicicleta, ônibus, metrô e táxi.

O aplicativo SP Sem Carro foi desenhado para ser usado em smartphones com o objetivo de oferecer opções de roteiro e tempo de deslocamento para quem não usa o veículo particular. O sistema de georreferenciamento (GPS) do aparelho encontra a localização do usuário. Ao digitar o seu destino, o sistema vai encontrar as melhores rotas e definir o tempo de viagem para cada opção. Para os transportes pagos (Metrô, CPTM ou táxi) ele apresenta o custo.

A cultura da mobilidade individual e o uso excessivo de automóveis pioram a qualidade de vida da população, especialmente nas grandes cidades. Essa é uma das principais responsáveis pela poluição do ar e pelo aquecimento global, além de ser fonte de poluição sonora e de desperdício de tempo em congestionamentos. Priorizar alternativas como o transporte público, a bicicleta ou a caminhada possibilita a melhoria da circulação de pessoas na cidade e aumenta a qualidade de vida de todos.

Versão para iOS

Concebido pela Santa Clara Ideias e pela produtora Mustaxe, o app SP Sem Carro será disponibilizado a partir de quarta-feira inicialmente em versão MVP para iOS (aparelhos da Apple) – sigla em inglês que quer dizer uma edição básica que permite aos usuários experimentarem o produto e, de forma colaborativa, apresentarem sugestões de melhoria. Em breve será lançada a versão para aparelhos com o sistema Android.

“Como viver em São Paulo sem carro” é uma iniciativa idealizada pelo engenheiro Alexandre Lafer Frankel em parceria com o jornalista Leão Serva com o objetivo de impactar a mobilidade dos paulistanos. Desde 2012, lançou três guias com depoimentos de paulistanos que abandonaram o carro e pesquisas e reportagens sobre a mobilidade alternativa na cidade.

Leia mais:

Capital da Noruega planeja abolir os carros da zona central até 2019

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: