No Dia das Mães (e sempre), o melhor presente é estar presente

Antes de atender ao reflexo automático de correr para o shopping center, pare e pense no que realmente importa para a sua mãe – use a criatividade para surpreendê-la e busque uma transformação no seu comportamento que faça a diferença para ela.

Arte: Helena Salgado

 

Você é um bom filho ou uma boa filha e por isso vai comprar um presente caro para a sua mãe, à altura da sua gratidão. Ela vai se sentir valorizada e te dar um abraço, emocionada e sorridente. Com a proximidade do Dia das Mães (14/5), essa narrativa é repetida de diversas formas nos anúncios publicitários para convencer as pessoas a fazerem compras generosas. Mas será que é disso que as mães precisam?
Provavelmente a prioridade dela nesta data não é ganhar um presente, mas estar perto das pessoas de quem gosta. Para mais de 60% da população brasileira, felicidade é ter saúde e bom convívio social com a família e amigos, segundo a pesquisa “Rumo à Sociedade do Bem-Estar”, do Instituto Akatu. Apenas 3 em cada 10 brasileiros associa o sentimento a questões financeiras.

Por isso, a proposta do Akatu nesse Dia das Mães é te desafiar a refletir sobre as verdadeiras necessidades e os desejos da sua mãe para, assim, oferecer uma experiência inesquecível e, melhor ainda, uma mudança permanente no seu comportamento que a beneficie todos os dias.

Dicas para oferecer um momento especial no Dia das Mães:

• Cozinhe a comidinha preferida dela
Você sabe qual é o prato preferido da sua mãe? Se não sabe, é hora de descobrir. Mesmo que você não saiba cozinhar, prepare você mesmo a receita – busque ajuda de alguém, se for necessário. Caso se sinta muito inseguro, talvez seja melhor convocar todo mundo para a cozinha – pode ser divertido se todos se empenharem na produção da refeição. Só não vale deixar todo o trabalho (e a louça suja) para ela!

• Encontre fotos antigas e organize uma “exposição”
Que tal resgatar aquelas velhas fotos de família? Você pode fazer um “varal” para que todos se lembrem dos bons momentos ou preparar uma sessão nostalgia na tela da TV ou do computador.

• Propicie um momento de relaxamento e bem-estar
Dedique algumas horas do dia para cuidar do corpo e do bem-estar da sua mãe. Em um SPA ou mesmo em casa, ofereça uma massagem relaxante, um escalda-pés com essência ou uma máscara de hidratação para os cabelos dela.

• Faça uma seleção das músicas que ela gosta
Qual é a trilha sonora da sua história com a sua mãe? Que música vocês costumavam ouvir juntos desde a infância? Fazer esse resgate pode ser divertido e acabar em dança!

• Organize um programa cultural
Música, teatro, dança, exposições, cinema. Seja lá qual for a preferência da sua mãe, faça uma pesquisa e providencie as entradas – se a grana estiver curta, pesquise opções gratuitas.

• Faça um piquenique no parque ou ao ar livre
Se o tempo estiver bom, prepare as comidinhas, escolha um parque ou local agradável e estenda a toalha sob a sombra de uma árvore. Divirtam-se!
Dicas de mudança de comportamento para melhorar definitivamente a vida das mães:

• Prepare as refeições (ou ajude na cozinha)
No papel de companheiro (a) ou filho (a), divida com a mãe as tarefas. Uma pesquisa do Instituto Qualibest, divulgada em 2016, revelou que 63% das entrevistadas confessam considerar a vida de mãe hoje em dia “difícil e exaustiva” pelo excesso de tarefas no dia a dia. Por isso, não espere a comida pronta. Seja ativo e ajude no preparo das refeições, nem que seja como aprendiz – um dia você chega lá.

• Mantenha a limpeza doméstica
Todos moram na casa, todos sujam, então todos limpam. Mesmo que a mãe se dedique totalmente às tarefas domésticas, cabe a todos colaborar para manter a casa limpa.

• Vá à feira ou ao mercado
Manter a geladeira e a despensa cheia dá trabalho. Portanto, participe do processo de “abastecimento” da casa. Há várias maneiras de ajudar: você pode ir às compras ou organizar uma lista com o que está faltando na casa, por exemplo.

• Combine praticar um esporte ou atividade cultural em dupla ou em grupo
Seja um incentivador da vida ativa, convidando-a para praticar alguma atividade física ou cultural que seja do seu interesse. Às vezes uma boa caminhada, além de ser um bom exercício, é uma boa oportunidade para colocar o assunto em dia.

• Permita que ela desfrute dos amigos e tenha um tempo para si
A vida familiar é importante, mas é essencial que as mães tenham tempo para suas necessidades pessoais como manter hobbies, sair com os amigos, cuidar do corpo e da saúde, entre outras. Prepare um encontro surpresa com os melhores amigos dela!

• Promova um encontro inusitado em um lugar marcante
Sabe aquele amigo de juventude da sua mãe que ela não encontra faz tempo? Talvez seja interessante organizar esse encontro, de preferência em algum lugar que eles estavam habituados a frequentar juntos.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: