No Dia das Mães, dê presente com a consciência tranquila

Na data em que todas elas esperam viver momentos marcantes, filhos, filhas e pais podem aproveitar para praticar o consumo consciente

O Dia das Mães – a segunda data mais importante do comércio – é uma bela oportunidade para praticar o consumo consciente, já que, se comemorado de forma responsável, os impactos ambientais causados pelo alto volume de produção e consumo podem ser minimizados. Afinal, é da natureza que são extraídas as matérias primas para a confecção dos produtos e para lá que voltam em forma de resíduos.

No meio desse processo, tem ainda o consumo de energia, água, produtos químicos, transporte e embalagens, além da consequente geração de poluição.

Eletrodomésticos, eletroeletrônicos, cosméticos, roupas e sapatos são os produtos mais procurados nesta ocasião, segundo a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop). E, a cada ano, o consumo desses itens só cresce. Tanto é assim que no último mês, para responder a alta demanda por eletrodomésticos e eletrônicos, os revendedores compraram da indústria volumes de produtos até 15% maiores na comparação com a mesma data em 2010.

“A indústria vendeu 15% a mais de eletroportáteis e de equipamentos de áudio e vídeo e registrou um acréscimo entre 8% e 10% nas encomendas de geladeiras, fogões e máquinas de lavar”, diz Lourival Kiçula, presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros).

Veja aqui dicas específicas de consumo consciente dos produtos mais procurados no Dia das Mães.

O Instituto Akatu recomenda um consumo diferente. Isso significa se programar antes da compra, evitando dívidas desnecessárias e desperdícios; buscar informações sobre as empresas produtoras e comprar daquelas que são éticas e se guiam pelos princípios da responsabilidade social e ambiental; ler atentamente rótulos, para observar as recomendações técnicas; priorizar produtos que usam menos embalagens para evitar a geração de resíduos.

É inevitável. Todo o consumo causa impactos na natureza. O desafio, portanto, não é parar de consumir, mas, sim, aumentar os impactos positivos e reduzir os negativos, já que hoje consumimos 30% a mais do que o planeta consegue repor. E nós, consumidores, não estamos fazendo a nossa parte. Para se ter uma ideia, o Brasil recicla só 56% das garrafas PET. Mas, se cada brasileiro encaminhar para a reciclagem apenas sete garrafas dessas de dois litros cada, a soma no país já elimina do lixo dois Maracanãs lotados do material.

Para comemorar o Dia das Mães, portanto, planeje sua festa e não se esqueça dos “Oito Rs” que orientam você para a prática do consumo consciente: reduzir, reutilizar, reciclar, respeitar, refletir, reparar, responsabilizar-se e, por fim e mais importante, “retuitar” informações para todo os seus amigos e familiares.

Clique aqui para ler mais sobre como fazer uma festa sustentável.

Se você quiser seguir o Akatu no twitter, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: