Na hora do recreio

Para buscar uma alimentação saudável e sustentável na escola, o Akatu selecionou algumas dicas básicas que os pais podem seguir e passar aos filhos

Para buscar uma alimentação saudável e sustentável na escola, os pais podem seguir algumas dicas básicas:

  • Dar exemplo em casa.
  • Cobrar da escola a mesma excelência na cantina que exigem na qualidade do ensino.
  • Visitar a cantina da escola ou informar-se sobre as medidas sanitárias tomadas para garantir aos alunos um lanche sem riscos.
  • Observar as condições higiênico-sanitárias dos alimentos.
  • Conhecer o cardápio e os preços.
  • Pressionar pelo banimento das gorduras trans, as mais prejudiciais à saúde.
  • Cuidar para que o filho coma sem exageros de três em três horas, o que acelera o metabolismo e é mais saudável.
  • Recomendar aos filhos um balanceamento entre os alimentos industrializados e os naturais.
  • Ensinar os filhos a lerem os rótulos de embalagens na escolha dos produtos industrializados a serem consumidos.
  • Mandar a criança para a aula com café da manhã tomado; além de ter um melhor aproveitamento, ela sentirá menos fome e vai comer moderadamente no intervalo.
  • Controlar os gastos dos filhos na cantina.
  • Incentivar jovens e crianças a optar por alimentos com menos embalagens e produzidos na região.
  • Ensinar as separar os rejeitos antes de jogar no lixo, para separar o resíduo orgânico do reciclável.
  • Orientar a lavar as mãos antes de qualquer refeição, mas sem largar torneiras abertas por muito tempo.
  • Orientar a reduzir o uso de materiais descartáveis.

Para os pequenos que levam lanche:

  • Negociar com a criança a montagem da lancheira, isso a desperta para a nutrição balanceada e para a escolha de alimentos saudáveis e sustentáveis.
  • Lancheiras devem estar sempre limpas, lavadas com detergente biodegradável e cujos resíduos não sejam poluentes.
  • Ter o mesmo cuidado com as garrafas térmicas, que devem ser lavadas como mamadeiras, usando escovas que alcancem o fundo.
  • Os alimentos mais indicados são frutas, frutas secas, sucos de frutas, barras de cereais, pães integrais, sanduíche de queijo branco e água de coco.
  • Mandar frutas inteiras e já lavadas. Não cortar ou descascar para evitar o processo de oxidação que escurece as frutas, como maçãs, peras e bananas.
  • Preferir bolos e bolachas simples e menos calóricos, com o mínimo possível de gorduras saturadas e sem gordura trans.
  • Bolos recheados e com cobertura têm mais risco de contaminação, sobretudo em dias quentes.
  • Bolachas recheadas têm mais gordura, e muitas vezes têm gordura trans.
  • Cuidado com frituras, salgadinhos industrializados, refrigerantes, sucos artificiais, balas, pirulitos, chicletes. Além de baixo valor nutricional, contêm gorduras em excesso, e deixam mais lixo proveniente das embalagens.

Fontes: pediatra Mauro Fisberg e nutricionista Martha Amodio

Leia também:

Se você quiser seguir o Akatu no Twitter, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: