Na Copa do Mundo, campanha Passaporte Verde incentiva turismo sustentável

Edição 2014 reúne 60 roteiros sustentáveis nas doze cidades-sede do Mundial no seu site e em um aplicativo para smartphone

Gisele Bündchen é embaixadora da boa vontade do Pnuma

 

A campanha global Passaporte Verde, que incentiva empresários e viajantes a ter práticas mais sustentáveis e reduzir impactos sobre o meio ambiente, ganhou uma nova edição para a Copa do Mundo.

Com o slogan “Eu cuido do meu destino”, a edição 2014 reúne 60 roteiros sustentáveis nas doze cidades-sede do Mundial no seu site e em um aplicativo para smartphone. A plataforma permite ao turista engajado comentar e compartilhar suas experiências com outras pessoas.

O objetivo da campanha é sensibilizar o turista quanto ao seu potencial de contribuir com o desenvolvimento sustentável local, por meio de escolhas responsáveis no seu período de férias e lazer.

Lançado em 2008, o Passaporte Verde é fruto de uma parceria do Programa de Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), os Ministérios do Meio Ambiente e do Turismo do Brasil e o Ministério Francês do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

A campanha deste ano envolve também empresários do turismo nacional. São parceiros nessa campanha a Associação Brasileira de Operadoras de Turismo (Braztoa), a Associação de Hotéis Roteiros de Charme e a Fundação Amazonas Sustentável (FAS). O setor organizou Jornadas de Sustentabilidade, workshops de engajamento em práticas de ecoeficiência para hotéis, bares e restaurantes realizados em cinco cidades-sede – Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Estabelecimentos comprometidos com boas práticas de produção e serviços podem se inscrever no Compromisso Passaporte Verde. Assim, serão incluídos na ferramenta online que listará os estabelecimentos sustentáveis no site ou no aplicativo para smartphones.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: