“Metas do Milênio da ONU só serão cumpridas com consumo sustentável”

Subsecretário das Nações Unidas Sha Zukang alertou ministros de 53 estados-membros

Osubsecretário-geral para Questões Económicas e Sociais da Organização das Nações Unidas (ONU), o diplomata chinês Sha Zukang, disse que mundo só irá cumprir as Metas do Milênio se houver uma mudança na maneira como os recursos da terra são consumidos. Segundo Zukang, a mudança de comportamentos de consumo que não são sustentáveis é crucial para a preservação do equilíbrio ecológico e da vida humana no planeta.

O pronunciamento foi feito na última segunda-feira (3/5), durante a sessão de abertura da 18ª sessão da Comissão da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável (CSD-18), em Nova York.

O encontro da CSD-18 coincide com preocupações crescentes sobre o impacto das sociedades de consumo sobre ecossistemas, clima, saúde humana e fornecimentos de água e comida.

Ministros de quase metade dos 53 estados-membros da comissão, escolhidos entre os 192 da ONU, devem participar da sessão, que se estende até 14 demaio. O evento conta ainda com a presença de representantes de mais de mil organizações não-governamentais, inclusive o Akatu.

O diretor-presidente do instituto, Helio Mattar, foi um dos debatedores da comissão e participou na tarde do dia 6 de maio do painel sobre Consumo Sustentável e Padrões de Produção.

Modelos de negócios
A reunião pretende debater a melhor forma de manter o desenvolvimento econômico, ao mesmo tempo, em que a humanidade precisa limitar as atuais tendências de consumo, que causam degradação ambiental.

Durante o encontro, a comissão vai rever formas de assistir os países a implementar tecnologias verdes, ajudar multinacionais a desenvolver modelos de negócios mais voltados para o meio ambiente e promover estilos de vida mais sustentáveis entre consumidores.

A humanidade já consome atualmente mais de 30% do que o planeta pode repor em recursos naturais, água e energia. Isso acontece enquanto um terço da população mundial vive abaixo da linha da pobreza, o consumo é concentrado e com muito desperdício. Devido a fatores como esses, a Terra tem registrado médias anuais de temperatura cada vez maiores, e as mudanças climáticas se aceleram.

Dirigindo-se aos delegados presentes, Zukang enfatizou que ahumanidade precisa abandonar o comportamento de consumo atual, que é avesso à sustentabilidade e migrar para outro condizente com a preservação do equilíbrio ambiental do planeta.

Fonte: Rádio ONU
Para ouvir esta notícia, acesse http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/detail/179600.html

Se você quiser seguir o Akatu no Twitter, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: