Mês do Consumo Sustentável termina, mas mobilização continua

Nesta quarta (26), tem coleta de lixo eletrônico em Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ)

O Dia Nacional do Consumo Consciente foi comemorado no dia 15 de outubro, mas o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e o Akatu estenderam as celebrações para todo o mês de outubro, chamado de mês do Consumo Sustentável. Depois do Movimento Piquenique-se!, o Akatu promoveu, na semana passada, um debate sobre segurança alimentar e lançou, em parceria com o WWI Brasil, o relatório “Estado do Mundo 2011 – Inovações que Nutrem o Planeta”.

O MMA promove nesta quarta-feira (26) um dia de coleta de eletroeletrônicos usados nas cidades de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RF) para fazer a reciclagem e o descarte corretos. O objetivo é conscientizar a população para a importância da coleta seletiva de resíduos.

Os postos de coleta estarão localizados em estações de metrô. Em São Paulo, os consumidores podem depositar o material na estação Tucuruvi, da linha 1-Azul.
No Rio, na estação Carioca, que fica na região central. Em Belo Horizonte, na Eldorado. E, em Brasília, na Galeria.

Os postos recebem o material durante o horário de funcionamento das estações. Podem ser depositados aparelhos de TV, computadores e seus acessórios, notebooks, videocassetes, aparelhos de som, câmeras fotográficas, filmadoras, telefones, celulares, baterias, cabos, fitas, CDs e DVDs.

Segundo o MMA, anualmente são consumidos mais de 120 milhões de unidades de eletroeletrônicos no país e, pelo menos 500 milhões desses produtos encontram-se atualmente sem uso na casa dos brasileiros. Por usarem bastante plástico e metal na sua fabricação, o descarte incorreto desses equipamentos é prejudicial ao meio ambiente, já que esses materiais demoram centenas de anos para se decompor na natureza. Além disso, muitos deles têm na sua composição metais pesados, que, ao serem descartados de forma errada, contaminam o solo e as águas subterrâneas.

“A nossa meta é promover uma discussão entre governo, setor produtivo e sociedade civil para mostrar que responsabilidade socioambiental é lucrativa e coloca o país na direção correta para o desenvolvimento sustentável”, enfatizou Izabella Teixeira, ministra do Meio Ambiente.

A expectativa do governo é de recolher mais de 50 toneladas de material eletrônico que será enviado para centrais de manufatura reversa. Inicialmente, são reaproveitados todos os materiais que possam retornar ao processo produtivo, reduzindo a necessidade de se extrair mais elementos da natureza. O que não pode ser reaproveitado é descartado com segurança, em aterros sanitários preparados e autorizados para tal, evitando a poluição.

A iniciativa do MMA tem apoio das concessionárias que administram o sistema de metrô nas cidades contempladas com postos de coleta e das empresas Carrefour (apoiador estratégico do Akatu), Philips (apoiador mantenedor do Akatu), Descarte Certo e Oxil.

Leia também:
Dia do Consumo Consciente foi instituído em 2009
Governo lança campanha sobre coleta seletiva em casa
Senado aprova Política Nacional dos Resíduos Sólidos
Veja o que muda na sua vida com a nova Política Nacional dos Resíduos Sólidos
Siga no twitter
Curta no facebook
Adicione no orkut

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: