Manual traz dicas para enfrentar escassez de água

Aliança pela Água produz guia para lidar com a crise hídrica

Foto: divulgação

 

A Aliança pela Água produziu um guia colaborativo com dicas práticas de economia de água para enfrentar situações de escassez.

Produzido de forma colaborativa por integrantes da Aliança e especialistas no tema, a publicação tem 7 capítulos, que respondem a perguntas como por que está faltando água e como preparar-se para a emergência. Confira, a seguir, algumas das dicas do guia “Água: Manual de Sobrevivência para a Crise”:

Não gaste água para lavar calçada, garagem e carro. A situação está crítica e toda a água deve ser usada para necessidades mais urgentes. Na atual situação, em vez de descuido, carros sujos representam um símbolo de atitude colaborativa frente ao drama da seca.

Água da chuva e água de reúso: use de forma segura. A água da chuva, de drenagem do subsolo de edifícios, de poço, de nascente e de reúso doméstico (água inicialmente potável que foi usada mas não teve contato com fezes) pode ser usada para a rega de plantas e para a descarga no vaso sanitário. É preciso avaliar a qualidade para definir o uso.

Jamais beba, cozinhe ou escove os dentes com água não potável. A água potável, fornecida pela concessionária através da rede pública, engarrafada ou em galões (mineral ou de poços comprovadamente limpos) ou de caminhão-pipa com qualidade certificada, deve ser usada para beber (após filtragem caseira, no caso da água da rede pública), escovar os dentes, cozinhar, tomar banho e higiene pessoal, lavar a louça, lavar roupas íntimas e de bebês.

Na hora do banho, use água de forma consciente. Se o chuveiro que você usa demora para esquentar é importante colocar um balde embaixo para recolher a água, que pode estar fria mas é limpíssima e serve para lavar roupas e louças.

Para armazenar água, não use recipientes utilizados anteriormente com agrotóxicos, material de limpeza e produtos químicos. Antes de encher, lave bem a vasilha com água e sabão e providencie a tampa ou tela que vai cobrir. No caso de vedação com tela, é importante haver sobras de tecido nas laterais e amarrar em volta para eliminar frestas. Se for colocar baldes e bacias a céu aberto para recolher a chuva, não esqueça da tela amarrada sobre eles.

A Aliança pela Água, da qual o Instituto Akatu faz parte, é uma coalizão de sociedade civil para contribuir com a construção de segurança hídrica em São Paulo, por meio da coordenação das várias iniciativas já em curso e na promoção de discussões na sociedade na busca de novas medidas.

O guia “Água: Manual de Sobrevivência para a Crise” pode ser acessado gratuitamente no endereço www.aguasp.com.br.

Leia mais:

Campanhas do Akatu sensibilizam diversos públicos para uso consciente da água

Artigo: Uma megalópole sem água

Campanha #águapedeágua

 

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: