Professor da USP explica como ODS 12 estabelece padrões de produção e consumo sustentáveis

Em coluna na Rádio USP, José Eli da Veiga detalha descrição do 12º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável – “Consumo responsável”.

Crédito da imagem: Divulgação – Site oficial

 

A coluna Sustentáculos, da Rádio USP, especializada em sustentabilidade e meio ambiente, abordou em sua edição de dezembro o 12º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU: “Consumo responsável”. José Eli da Veiga, professor sênior do Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo (USP) detalhou o texto da ODS e seus principais méritos, além de um deslize relevante.

José Eli cita a quase totalidade dos 11 parágrafos que definem a ODS 12 como medidas fundamentais para assegurar padrões de produção e consumo sustentáveis e, assim, intensificar o combate às Mudanças Climáticas e outros problemas climáticos nas próximas décadas.Entre os temas tratados, estão o desperdício de alimentos, manejo de produtos químicos e resíduos, reciclagem, compras públicas e gestão de recursos naturais, entre outros.

No entanto, o professor também denuncia o texto do último parágrafo, referente a subsídios a energias fósseis. Para ele, a inclusão desse item foi uma derrota da comunidade internacional para o lobby das ditaduras petroleiras. Uma “ginástica linguística” com o objetifo de anistiar responsáveis pela prática desses subsídios.

Com relação à participação do cidadão comum na luta pelo desenvolvimento sustentável, José Eli recomendou alguns projetos do Instituto Akatu como a melhor maneira de engajamento no esforço para que as metas dos ODS sejam atingidas no Brasil. Foram citados o TCC (Teste do Consumo Consciente), que pode ser feito no link tcc.akatu.org.br e a pesquisa Caminhos para Estilos Sustentáveis de Vida, disponível para download no bit.ly/estilos-sustentaveis-PA.

Ouça abaixo a íntegra da coluna Sustentáculos na Rádio USP:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

logo_radiousp790px

 

 

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: