Instituto Akatu lança campanha pelo consumo consciente da água

Na campanha #águapedeágua, instalações são espalhadas por São Paulo com o objetivo de alertar como seríamos “miseráveis” sem a água, esse elemento vital à existência humana

 

O #águapedeágua é uma campanha de mobilização da sociedade para o consumo consciente de água. Diante da crise hídrica que vivemos em São Paulo e em outras regiões do País, a situação exige uma ação coletiva, integrada e de larga escala, com a participação de vários atores sociais.

Na oferta de informações à população, a campanha #águapedeágua busca “desautomatizar” o consumo de água, por meio do engajamento de todos, como cidadãos, em uma nova postura de uso consciente desse recurso imprescindível, de forma permanente.

A plataforma aguapedeagua.org.br, que foi realizada pelo Akatu com o apoio da Olivas Digital, Estilingue Filmes e SambaPhoto, apresenta um amplo repertório de dicas sobre consumo consciente de água e terá vídeos colaborativos em breve.

Para chamar a atenção das pessoas para a importância das ações de cada um reduzindo o desperdício de água, a agência de publicidade Taterka criou várias ações de lançamento da campanha com o slogan “Sem água somos todos miseráveis”, como intervenções em espaços abertos e de grande circulação do público, além de ações de divulgação na mídia (impressa, rádio e redes sociais), com a hashtag #águapedeágua.

“Sem água somos todos miseráveis”

Se a água acabasse neste momento, como seria a vida de cada um de nós? Pensando na finitude de um dos recursos naturais mais vitais à existência humana, a estratégia da campanha criada pela Taterka inclui, dentre muitas ações, a montagem de divertidas e curiosas instalações em vários pontos da cidade de São Paulo, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância do consumo consciente da água.

Com o slogan “Sem água somos todos miseráveis”, cada instalação mostrará como personagem um produto que só existe para trazer água às pessoas. Uma mangueira “pede”: “Estou sem trabalho. Por favor, ajude”. Um bebedouro “clama” por um copo de água. Há, ainda, um filtro de água que “diz”: “Estou aposentado. Por favor, me ajude”. Com as instalações, a campanha pretende provocar as pessoas a procurarem e sugerirem soluções para o uso consciente da água na plataforma aguapedeagua.org.br.

“Como um bebedouro, um filtro de água ou uma mangueira poderiam ser utilizados caso faltasse água? Todos eles necessitam dela para ‘sobreviver’, assim como nós. Nosso objetivo é mobilizar as pessoas e lembrá-las de que a água é uma riqueza que precisa ser preservada por todos nós”, diz Eduardo Simon, Sócio e VP de Operações da Taterka. As intervenções estarão expostas em locais como Largo São Bento, Praças Patriarca e República, Campus da FAAP, Conjunto Nacional (avenida Paulista) e algumas unidades do Senac.

“As pessoas talvez não tenham se dado conta do que significa viver sem água. A situação crítica de abastecimento de água em São Paulo nos mostra que a falta da água é uma possibilidade muito próxima – nessa cidade e no Brasil. E o que é possível fazer? A campanha #águapedeágua tem o objetivo de ajudar as pessoas a descobrirem e colocarem em prática comportamentos que podem contribuir para mudar esse cenário”, afirma Helio Mattar, diretor-presidente, do Instituto Akatu.

A produção fotográfica da campanha é assinada pelo fotógrafo Mauricio Nahas e o material será utilizado na produção de dois filmes, um na versão de 30’ e outro de 15’. A trilha será feita pela Banda Sonora. Os vídeos reforçam a estratégia de impactar as pessoas de maneira inusitada e de promover uma reflexão sobre como é possível mudar a rotina para consumir água de forma consciente.

Leia Mais:

[ ACESSE ] #águapedeágua

Água: vão evacuar São Paulo – artigo de Roberto Malvezzi

Um roteiro seguro para nossas águas – artigo do jornalista Washington Novaes

Água: o que há de comum entre Sikri, Ilha de Páscoa e São Paulo – artigo de Paulo Bento Maffei e de Paulo Vodianitskaia

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: