Instituto Akatu estimula o consumo consciente durante competição de futebol

A atividade fez parte dos eventos de encerramento da Copa Verde, promovida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em parceria com o Ministério do Meio Ambiente (MMA)

Participantes da oficina do Instituto Akatu na Copa Verde – Crédito: Divulgação

 

Em 16 de maio, o Instituto Akatu promoveu, em Belém (PA), uma oficina sobre consumo consciente e sustentabilidade para cerca de 50 crianças e adolescentes atendidas pelo Pro Paz, programa do governo do Pará. A atividade fez parte dos eventos de encerramento da Copa Verde, campeonato de futebol promovido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em parceria com o Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Durante a atividade, os participantes receberam informações sobre consumo consciente de água e construíram um mapa identificando todos os locais do estádio Mangueirão onde havia consumo e desperdício de água. “A principal ideia da oficina era propor a reflexão em torno do consumo de água, em especial nos espaços públicos, como um estádio de futebol. Utilizar o futebol para atrair a atenção de adultos e crianças para os conceitos de sustentabilidade e consumo consciente é uma excelente ideia, que facilita bastante a mobilização”, conta Denise Conselheiro, coordenadora de Educação do Instituto Akatu. A formação também apresentou as atividades pedagógicas do Edukatu (www.edukatu.org.br), plataforma gratuita e aberta de aprendizagem sobre consumo consciente e sustentabilidade do Instituto Akatu para escolas de Ensino Fundamental I e II.

A Copa Verde reuniu times de futebol das regiões Norte e Centro-Oeste e do estado do Espírito Santo. A competição é pioneira em conceito de sustentabilidade e difunde ações de conservação do meio ambiente associadas ao futebol. Na edição de 2017, por exemplo, promoveu a coleta do material descartado pelos torcedores durante as partidas, distribuiu 1,5 mil copos ecológicos (Meu Eco Copo) aos torcedores e promoverá o plantio de 1,4 mil mudas nativas em estados da Amazônia Legal para neutralizar a emissão de gás carbônico produzido com a realização dos jogos. A partida final, realizada no estádio Mangueirão, em Belém (PA), em 16 de maio, entre os times Luverdense (MT) e Paysandu (PA), reuniu mais de 28 mil torcedores.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: