Instituto Akatu e Twitter lançam campanha para movimento A Voz da Seca

Estratégia criada pela DM9DDB envolve ação com Corinthians, redes sociais, mobiliário urbano e mídia impressa

 

O Dia Mundial da Água, comemorado ontem 22 de março, foi a data escolhida pelo Instituto Akatu para lançar o movimento A Voz da Seca, projeto que criou uma tipografia única para dar voz à terra e espalhar o pedido da natureza por mais respeito e mais cuidado. A estratégia de comunicação, assinada pela DM9DDB, começou com as redes sociais, adesão do Corinthians que entrou em capo pelo Campeonato Paulista com camisa customizado pela tipografia, e hoje ganha nova etapa com mobiliário e anúncios impressos. Além disso, neste final de semana os jornais O Estado de S.Paulo e Destak publicaram uma matéria especial sobre a água utilizando a tipografia criada exclusivamente para a campanha.

Para participar e aderir ao movimento, qualquer pessoa com acesso à internet e conta de Twitter está convidada a clicar no site www.avozdaseca.org.br e escrever uma mensagem sobre a necessidade do consumo consciente da água e postar o texto em sua conta na rede social. “Cada pessoa tem ao menos uma dica ou uma mensagem interessante capaz de sensibilizar seus amigos sobre os impactos da falta de água. Com a campanha queremos disseminar estas vozes que são capazes de gerar engajamento e trazer um resultado prático para a vida das pessoas”, afirma Leo Macias, diretor de Criação da DM9. “Usamos os traços característicos do chão rachado pela falta de água para sensibilizar as pessoas. Uma imagem simples mas muito marcante, que remete às consequências que um consumo desenfreado da água pode ter para todos”, completa Zico Farina, diretor de Criação da agência.

“Com a campanha A Voz da Seca, o Instituto Akatu alerta toda a sociedade que a mobilização para agirmos nas soluções do colapso hídrico deve permanecer prioritária. Não podemos deixar que a equivocada sensação de tranquilidade por conta do período de chuvas desmobilize a população, as empresas e todas as instâncias governamentais para a necessidade de uma gestão compartilhada da crise e do consumo consciente da água. Existem muitas causas para o colapso que estamos vivendo, e a ideia é que a ‘voz da seca’ se torne a voz da mudança”, afirma Gabriela Yamaguchi, gerente de comunicação e campanhas do Instituto Akatu.

Os participantes da campanha A Voz da Seca também serão convidados a acessar as dicas práticas para reduzir o desperdício que já estão sendo disseminadas desde o ano passado na plataforma #águapedeágua, do Instituto Akatu.

Leia mais:

Unesco: mundo precisará mudar consumo para garantir abastecimento de água

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: