Guia aponta que má alimentação mata 260 mil por ano

Guia Alimentar para a População Brasileira aponta que consumo de feijão caiu 30% em três décadas, enquanto o de refrigerantes e embutidos cresceu até quatro vezes

Depois de três anos analisando diversas pesquisas sobre alimentação já realizadas no Brasil, o Ministério da Saúde criou o “Guia Alimentar para a População Brasileira”, primeira referência oficial sobre o assunto publicada no País.

O “Guia Alimentar” aponta que a população está se alimentando cada vez pior. O resultado disso é que, anualmente, R$ 11 bilhões, 70% de todos os gastos do Sistema Único de Saúde (SUS), vão para tratamento de doenças crônicas não-transmissíveis, como obesidade, diabete, hipertensão, câncer e doenças cardíacas, males causados em parte por alimentação inadequada. Estes maus hábitos geram 260 mil mortes todos os anos.

O estudo aponta que o mais tradicional dos pratos brasileiros, o arroz com feijão, é saudável e completo em proteínas, mas o consumo de feijão, por exemplo, caiu 30% nos últimos 30 anos. Em contrapartida, quadruplicou o consumo de refrigerantes e triplicou o de embutidos como salsicha e mortadela.

Os primeiros 50 mil exemplares do “Guia Alimentar” serão distribuídos a profissionais da rede pública de saúde e até o próximo ano as 236 páginas serão resumidas e entregues à população de baixa renda com exemplos concretos e linguagem mais acessível. Clique aqui para acessar a obra pela internet.

Se você quiser seguir o Akatu no twitter, clique aqui

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: