Florestas são tema do Dia Mundial do Meio Ambiente

Site oficial, mantido pelo Pnuma, da ONU, alerta que todos podem contribuir pela preservação das matas: é preciso mudar o estilo de vida

No próximo dia 5 de junho, o mundo todo comemora o Dia do Meio Ambiente. O tema deste ano é “Florestas: a natureza a seu serviço”. A Organização das Nações Unidas (ONU) também já havia declarado 2011 como o Ano Internacional das Florestas.

A escolha do tema tem o objetivo de destacar a variedade de produtos e serviços fornecidos pelas florestas e que são fundamentais para a vida humana, tanto no meio rural como urbano. Comemorado desde 1972, o Dia Mundial do Meio Ambiente, também conhecido como WED (sigla em inglês para World Environment Day), é o principal veículo pelo qual as Nações Unidas promovem a conscientização para a preservação ambiental no mundo todo.

Veja aqui no portal do Akatu, a programação no Brasil para o Dia e a Semana do Meio Ambiente e os destaques da Virada Sustentável em São Paulo.

O Akatu abre as atividades da Semana do Meio Ambiente na sexta (3) com uma intervenção artística surpresa no saguão do Conjunto Nacional, na avenida Paulista, ao meio dia. Venha, traga máquina fotográfica, filmadora ou o celular que filma.

Nos anos anteriores, os temas do Dia Mundial do Meio Ambiente foram biodiversidade (2010), combate às mudanças climáticas (2009), economia de baixo carbono (2008), degelo polar (2007), desertificação (2006) e cidades verdes (2005).

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) criou um site para comemorar a data e convida a comunidade mundial a tomar atitudes para proteger e preservar os recursos florestais e fazer a transição para uma economia verde. Assista aqui ao vídeo que explica a relação entre as necessidades humanas e as florestas.

“As florestas do planeta abrigam mais de metade das plantas e animais terrestres. Nossa alimentação, nossos remédios, nossas pesquisas científicas e tecnológicas dependem da biodiversidade oferecida pelas florestas”, diz o vídeo. “Desde sempre, o homem utiliza a floresta para viver. Ele a transforma, a destrói. Desde o início da agricultura, nós já destruímos metade das nossas florestas e nosso modelo é de sempre querer mais”, alerta.

O que você pode fazer
Segundo a ONU, as florestas cobrem hoje 31% da superfície terrestre e 1,6 bilhão de pessoas dependem diretamente dessas áreas, onde moram 300 milhões de pessoas (população equivalente a um Brasil e meio). E o recado das Nações Unidas é tão direto quanto urgente: para salvar as florestas precisamos mudar nosso estilo de vida.

Individualmente, o cidadão pode fazer escolhas inteligentes e premeditadas sobre quais produtos comprar, consumindo somente produtos procedentes de recursos sustentáveis. Isso engloba verificar de onde vem os móveis, a madeira, o papel, a carne o óleo de soja e outros produtos que você compra no dia-a-dia, para ter certeza de que são produzidos de maneira legal.

Você também pode participar do mutirão de ações de preservação ambiental. E o Pnuma convida consumidores, famílias, comunidades de bairro, escolas, empresas, ONGs, entre outros, a organizar um mutirão de limpeza no seu bairro; usar sacolas reutilizáveis e motivar seus colegas de escola e professores a fazer o mesmo; plantar uma árvore ou, se possível, organizar um esforço coletivo de plantio com a sua família; caminhar até o trabalho; reciclar e incentivar os amigos a reciclar também.

A redução nos padrões de produção e consumo impacta diretamente nas florestas, porque pressiona menos pelo desmatamento para retirar recursos e madeira e para abrir fronteiras agropecuárias. Exemplo direto é a Floresta Amazônica, que tem 70% da madeira retirada no desmatamento vendidos nas próprias cidades brasileiras, principalmente no Sudeste.

Para as empresas, é imperativo investir em inovação e economia verde, além de trabalhar fortemente para “limpar” a cadeia produtiva. Evitar produtos de áreas de desmatamento ou ilegais e combater práticas como o trabalho infantil ou escravo são ações diretas que contribuem para a sustentabilidade das áreas de floresta.

O Akatu quer saber e divulgar o que você tem feito para transformar seu estilo de vida do consumismo para a sustentabilidade. E nesse Dia do Meio Ambiente, o que você vai fazer? Na sua cidade haverá comemorações e eventos? Mande sua história para o facebook ou para nosso twitter. Vamos publicar os bons exemplos no nosso portal e os eventos na agenda.

Leia também:

Ano que vem, Dia do Meio Ambiente completa 40 anos
– Programação da Semana do Meio Ambiente no Brasil

Se você quiser seguir o Akatu no twitter, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: