Everbike: sistema remunerado de bicicletas compartilhadas estreia em Florianópolis

Serviço permite que, por aplicativo, uma pessoa possa alugar sua própria bike, que fica travada na rua à espera dos usuários

Crédito: Divulgação

 

Comentário Akatu: a cultura da mobilidade individual e o uso excessivo de automóveis pioram a qualidade de vida da população, especialmente nas grandes cidades, além de serem os principais responsáveis pela poluição do ar e pelo aquecimento global, além de ser fonte de poluição sonora e de desperdício de tempo em congestionamentos. Mas modalidades alternativas de transporte como a bicicleta começam a representar parcela importante dos deslocamentos urbanos, como destaca a notícia a seguir. E priorizar essas modalidades é uma contribuição importante para alcançar uma solução realmente sustentável e de longo prazo.

 

Florianópolis começa a ver em suas ruas um novo modelo de mobilidade urbana: o compartilhamento de bicicletas remunerado. Esse o diferencial do sistema Everbike, já que permite a qualquer pessoa alugar sua própria bike.

Funciona da seguinte forma: o usuário interessado em incluir sua bike na rede faz um cadastramento e recebe um kit. O kit é composto por duas placas, o material de fixação e as instruções sobre como proceder.

Com estas ferramentas, a pessoa só precisa colocar a bicicleta travada em um local público e aguardar os interessados em utilizar o serviço. Estes, por sua vez, podem localizar as bikes disponíveis por aplicativo, escolher a que melhor lhe atende e liberá-la usando o PayPal. O aplicativo está disponível para Android na loja Google Play. O aluguel custa R$ 9,90 por hora de uso e o pagamento é feito online, pelo PayPal.

Pela app, o usuário irá receber a senha de liberação da trava. No momento da liberação, além de fornecer a senha, o Everbike faz, como garantia contra um eventual extravio, uma pré-autorização no valor da bike diretamente no cartão de crédito do usuário. Depois que utilizou a bicicleta, a pessoa deve devolvê-la, sem esquecer de travar a magrela e informar os dados pelo aplicativo.

O valor do aluguel é cobrado automaticamente e o limite (a garantia) devolvido assim que outro usuário confere a bike para uso, ou quando o proprietário faz a checagem de rotina. O proprietário, por sua vez, tem o dever de administrar as bikes e fazer sua manutenção. O sistema é interessante também para locadoras de bicicleta e também para comércios ou empresas que desejam divulgar sua marca nas bikes.

Sem estações fixas

O objetivo da Everbike é tornar a bicicleta um meio de transporte flexível e disponível à qualquer momento e em qualquer local. Além disso, caso observe algum problema na bicicleta, a pessoa pode reportá-lo imediatamente, assim que fizer a entrega do veículo, e seu proprietário será acionado para verificação.

Outra vantagem do sistema Everbike é que dispensa a necessidade de estações fixas para devolução e retirada das bikes. Os veículos podem ser deixados em qualquer suporte fixo da via pública ou em locais de acesso público, desde que sejam seguros.

A Everbike projeta sua expansão para outras cidades do estado de Santa Catarina e do Brasil.

 

Leia também:

Garrafas plásticas recicladas se transformam em bicicletas ecológicas

Bicicleta elétrica acessível faz sucesso em site de financiamento coletivo

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: