Escolas poderão ter sistema para aproveitar água da chuva em São Paulo

Projeto de Lei na Câmara Municipal de São Paulo prevê a instalação de sistema para captação da água da chuva em colégios

Na Escola Estadual Cônego Luís Vieira da Silva, em Ouro Branco (MG), a água da chuva é usada para molhar a horta da escola. Crédito: site da Secretaria de Educação de Minas Gerais/Divulgação

 

Comentário Akatu: Inovações tecnológicas e políticas públicas podem ser ferramentas efetivas para a transição para uma sociedade mais sustentável. Mas é importante lembrar que é preciso também inovar nos padrões de produção e de consumo para que seja possível alcançar o bem-estar desejado pela sociedade com um uso muito menor de recursos naturais, como a água. A crise hídrica no Brasil é gravíssima. Necessitamos, ao mesmo tempo, de uma produção mais responsável e de um consumo mais consciente, como mostra a reportagem abaixo.

 

Você conhece o Projeto de Lei (PL) 44/2014? Ele prevê a instalação de sistemas para reaproveitar a água da chuva nas escolas municipais de São Paulo. A proposta, que já foi aprovada em primeira votação, é um dos seis PLs que serão discutidos a partir do dia 23/2 pela Câmara em uma audiência pública.

A implantação do sistema de reaproveitamento da água pluvial caberá às secretarias municipais do Meio Ambiente e Educação, em parceria com as escolas. Esse reaproveitamento poderá ser por meio de cisternas, calhas, etc. Cada instituição vai optar pela maneira mais compatível com as suas instalações.

Em Minas Gerais, no município de Ouro Branco, a Escola Estadual Cônego Luís Vieira da Silva já  adotou o reaproveitamento de água da chuva na instituição. Hoje, ela conta com um sistema de calhas que capta água pluvial e armazena em uma cisterna (veja foto acima). A escola implantou o sistema depois de ter ganho um prêmio de educação ambiental promovido na região.

 

Leia mais:

Em São Paulo, colégios mudam hábitos e enfatizam importância de preservar a água

Quase 40% da água tratada no Brasil é desperdiçada

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: