Em São Paulo, empresa incentiva reciclagem

Sorepla dá vales-desconto para quem devolver latas de alumínio e garrafas PET em 19 lojas da rede de hipermercados Extra na cidade de São Paulo

Comentário Akatu: Empresas que apóiam a reciclagem demonstram responsabilidade social. Mas a reciclagem, apesar de importante, é um ato paliativo: além de reciclar, é necessário evitar desperdício e consumo supérfluo, buscando aproveitar ao máximo os produtos comprados, reutilizando-os sempre que possível.

Com o slogan “Uma atitude simples que faz bem para o meio ambiente e também para o seu bolso!”, a empresa Sorepla inicia, esta semana, na cidade de São Paulo, uma campanha para incentivar os consumidores a separar embalagens para reciclagem.

“As pessoas vão ao mercado só para comprar produtos, mas podem aproveitar para levar suas embalagens descartadas. Instalamos máquinas de coleta seletiva de embalagens de PET e latinhas de alumínio em 19 lojas da rede de hipermercados Extra. A vantagem é que o consumidor ganha vales-desconto para usar nas compras. Cada embalagem PET vale R$ 0,02, e a lata de alumínio, R$ 0,03”, informa Paulo Sequeira, diretor de marketing da Sorepla.

A empresa distribuiu 100 mil folhetos educativos, convidando a população da capital paulista a não jogar no lixo as embalagens usadas de PET e alumínio. “A coleta seletiva e a reciclagem são causas que têm a simpatia dos brasileiros, mas é preciso dar facilidades e incentivos para o cidadão fazer a sua parte.O supermercado é o local ideal para a devolução das embalagens dos produtos que ali foram comprados, além de que essa simples atitude vale dinheiro para o consumidor”, destaca Sequeira.

Nos últimos dois anos, a Sorepla coletou cerca de 70 toneladas de plástico e quase 60 toneladas de alumínio. O Brasil é hoje uma referência mundial em termos de reciclagem. No país, a compra de latas usadas injeta, anualmente, cerca de R$ 450 milhões na economia.

Entre os setores que mais se destacam estão os segmentos de alumínio, que recicla 95,7% da sua produção, e o de PET, com 48%. Números recentemente divulgados pela PETcore, entidade européia para a reciclagem das embalagens de PET, demonstram que o Brasil está à frente da Europa, e nos últimos anos o país tem sido recordista na reciclagem do alumínio

Se você quiser seguir o Akatu no Twitter, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: