Em exposição, crianças aprendem a consumir água de forma consciente

Monitores que acompanharam os jovens passaram por treinamento de mobilização do Akatu

A exposição “Água na Oca”, realizada pelo Instituto Sangari com a parceira do Instituto Akatu, chama a atenção do público para o cuidado que se deve ter com a água. Tão importante quanto passar o recado às gerações atuais, é disseminar esta mensagem às gerações que vão garantir a existência do planeta nas próximas décadas.

Com este intuito, em comemoração ao Dia Mundial da Água, no último fim de semana o Instituto Amiks levou 23 crianças e jovens, entre 6 e 18 anos de idade, do abrigo Lar Dona Cotinha para conhecer a exposição. Uma vez por mês, os “Amiks” reúnem jovens em situação de vulnerabilidade para atividades culturais.

Mirna Castro Folco, coordenadora de Mobilização Comunitária do Instituto Akatu e uma das idealizadoras do Amiks, diz que o “Água na Oca” atraiu a atenção dos “pequenos” e dos “grandes” por ser uma exposição dinâmica, cheia de imagens. “Fica mais fácil para eles terem a ideia do ciclo da água e dos impactos do homem na natureza com apelos visuais”, diz.

Um dos painéis que mais chamou a atenção das crianças foi o de um carro em que se projetavam imagens de lama e água. Assim que a projeção terminava, alguns dados relevantes apareciam, mostrando que há muito mais gasto quando se lava o carro com a mangueira do que com baldes com água.

“A ideia que mais tocou as crianças foi a de que desperdiçar é ruim”, comenta Mirna Folco. A garota Íris, de 10 anos, confirma: “O que eu tenho para dizer é que economize água, não use muita para lavar o carro e nem fique debaixo do chuveiro. Que cuide”.

Após a visita na OCA, os jovens ainda participaram da dinâmica “Teia da Vida”, criada pelo Akatu. Na atividade lúdica, as crianças representaram elementos da natureza; A ideia do jogo é mostrar que cada coisa existente no mundo depende de outra e que ameaçar a existência de um elemento compromete todo o grupo.

 

Akatu na Oca

Os monitores da exposição “Água na Oca”, que contribuíram para oferecer as informações às crianças e aos integrantes do Instituto Amiks, passaram por um treinamento de sensibilização e mobilização do Instituto Akatu. O treinamento atenta para as reações em cadeia que se dão durante o ato de consumo.

A exposição “Água na Oca” está aberta para visitação no prédio da Oca do Ibirapuera, na cidade de São Paulo, até maio de 2011.

 

Leia também:

– Exposição em São Paulo discute relação do homem com a água

 

Se você quiser seguir o Akatu, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: