Edukatu participa do Fórum ARede Educa sobre Recursos Educacionais Abertos

A gerente de Educação do Instituto Akatu, Silvia Sá, participa do painel sobre práticas de RA no Brasil

 

O Instituto Akatu participa, no dia 20 de agosto, do Fórum ARede Educa, que terá como tema “Recursos para o conhecimento livre e aberto”.

O evento, realizado pelo Bit Social e pelo Instituto Educadigital será realizado das 12h30 às 19h, no Centro de Cultura Judaica (Rua Oscar Freire, 2.500), em São Paulo.

Recursos Educacionais Abertos (REA) são materiais de ensino, aprendizado e pesquisa, fixados em qualquer suporte ou mídia, que estejam sob domínio público ou licenciados de maneira aberta, permitindo que sejam utilizados ou adaptados por terceiros. Em todo o mundo, e também no Brasil, essa tendência cresce e acumula experiências de sucesso.

No Fórum ARede Educa, serão apresentadas práticas inspiradoras, nacionais e internacionais. Haverá debates sobre os desafios e as perspectivas de políticas públicas para ampliar e consolidar os REA na educação brasileira.

Silvia Sá, gerente de Educação do Akatu, irá participar do painel Práticas de REA no Brasil, ao lado de Nelson Pretto, professor titular da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e Débora Sebriam, coordenadora de comunicação do projeto REA.br no Instituto Educadigital, sob mediação de Áurea Lopes, diretora da Bit Social e editora-executiva do portal ARede Educa.

As vagas para o Fórum foram esgotadas. Mas a íntegra do debate ficará disponível, após o evento, no portal ARede Educa.

 

Programa

12h30 – Credenciamento

12h30 – Boas vindas
Bruno Assami, diretor-executivo da Unibes Cultural
Estreia do lounge musical Movimento Violão Jovens Virtuoses

14h – Abertura
Áurea Lopes, diretora da Bit Social e editora-executiva do portal ARede Educa
Priscila Gonsales, diretora do Instituto Educadigital
Daniel Cara, da Campanha Nacional pelo Direito à Educação

14h30 – Painel: O estado da arte de REA no Brasil e no mundo
Jan Gondol, responsável pelo Comsod Projetc, do Ministério do Interior da República Eslovaca; representante do OpenGovPartnership, do qual o Brasil é signatário.
Nicole Allen, diretora da Scholarly Publishing and Academic Resources Coalition (Sparc), organização que gerencia um sistema de comunicação aberta entre bibliotecas acadêmicas.
Stavros Xanthopoylos, Vice-Diretor do Instituto de Desenvolvimento Educacional (IDE) da Fundação Getulio Vargas; além de Vice-Presidente da Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED); e, Membro do Board of Directors do OEC (Open Educational Consortium), do MIT.
Tel Amiel, coordenador da Cátedra da Unesco em Educação Aberta, colaborador do mapeamento internacional de REA
Mediação, Carolina Rossini, vice-presidente da Public Knowledge, conselheira consultiva do Instituto Educadigital

15h30 – Debate com a plateia

15h50 – Painel: Práticas de REA no Brasil
Silvia Sá, gerente de educação do Instituto Akatu pelo Consumo Consciente
Nelson Pretto, professor titular da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (UFBA)
Débora Sebriam, coordenadora de comunicação do projeto REA.br no Instituto Educadigital
mediação – Áurea Lopes, diretora da Bit Social e editora-executiva do portal ARede Educa

16h45 – Debate com a plateia

17h15 – Palestra: REA como política pública nos Estados Unidos
Hal Plotkin, senior Open Policy Fellow do Creative Commons USA; foi senior Policy Advisor do Departamento de Educação dos EUA, responsável pela implementação da política pública de REA no governo Barack Obama.

18h – Debate com a plateia

18h20 – Lançamento do Anuário ARede 2015

18h30 às 19h – Coquetel de lançamento do Anuário ARede 2015

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: