Educação alimentar ganha destaque na agenda nacional

Marco de Referência e espaço virtual são lançados em prol da causa

Na última sexta-feira (30) foram lançados, em Brasília, o Marco de Referência em Educação Alimentar e Nutricional e o espaço virtual “Ideias na Mesa”. O Marco foi lançado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Ministério da Saúde e Ministério da Educação.

O documento foi construído a partir de discussões entre representantes dos três ministérios, de universidades e da sociedade civil, especialmente o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea). O documento consolida conceitos e práticas de educação alimentar e nutricional e permite um olhar multidisciplinar sobre as políticas que promovem o direito à alimentação adequada e saudável.

“Essa é uma novidade e uma conquista muito importante, pois dá visibilidade à discussão sobre os hábitos alimentares da nossa população, além de contribuir para qualificar os debates e práticas em diferentes setores envolvidos”, avalia a secretária nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Maya Takagi.

“A educação alimentar é uma medida fundamental para enfrentar questões como a obesidade, a desnutrição e as doenças ligadas à alimentação insuficiente ou inadequada”, disse a coordenadora geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Patrícia Jaime.

Como desdobramento do Marco de Referência, também foi lançado o espaço virtual “Ideias na Mesa”, dedicado ao debate permanente sobre educação alimentar e nutricional. A rede virtual, que entrou no ar também na sexta-feira, foi criada para compartilhar experiências de pessoas, instituições de governo e organizações da sociedade civil que pratiquem e ajudem a promover a alimentação adequada e saudável no país.

“O Marco de Referência e a rede virtual são espaços valiosos que reúnem tudo o que sabemos e tudo o que precisamos saber sobre a educação alimentar e nutricional e que têm o papel de integrar o saber científico e os saberes populares e regionais na promoção do direito humano à alimentação adequada”, ressalta Elisabetta Recine, conselheira do Consea e coordenadora do Observatório de Políticas de Segurança Nutricional e Alimentar, da Universidade de Brasília (OPSAN/UnB), parceiro do MDS na construção do site.

Clique aqui para ir à rede virtual “Ideias na Mesa”.

Assista ao vídeo do espaço virtual “Ideias na Mesa”.

Com informações da Ascom/MDS. Leia aqui a notícia original.

Siga no twitter.
Curta no facebook.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: