Dia Internacional das Cooperativas é celebrado no dia 4 de julho

Cooperativas contribuem para o desenvolvimento econômico sustentável   Em 2015, o Dia Internacional das Cooperativas será celebrado no dia 4 de julho.  As cooperativas são…

Cooperativas contribuem para o desenvolvimento econômico sustentável

 

Em 2015, o Dia Internacional das Cooperativas será celebrado no dia 4 de julho.  As cooperativas são associações de cidadãos que se unem voluntariamente para satisfazer necessidades econômicas, sociais, culturais ou políticas dos integrantes. A empresa autônoma é de propriedade de seus membros, que a gerenciam de forma democrática.

O Dia Internacional das Cooperativas, celebrado desde 1923 pela Aliança Internacional de Cooperativas (ICA), tem o objetivo de aumentar a consciência das pessoas sobre a importância das cooperativas e promover seus ideais como solidariedade, eficiência econômica e igualdade. Integrar e apoiar esse tipo de iniciativa é um caminho para a construção da sociedade do bem-estar, pois privilegia a cooperação no lugar da competição. Não importa o lucro pelo lucro em si, mas a função social da renda gerada. O principal valor das cooperativas são as pessoas e seu capital humano.

Para aumentar a visibilidade do movimento, em 1992, a Organização das Nações Unidas (ONU) apoiou a ICA, ao definir que o Dia Internacional das Cooperativas seria comemorado no segundo sábado do mês de julho de 1995 (resolução 47/90 de 16/12/92).

Em 1994, a Assembleia da ONU adotou outra resolução (49/155, de 23/12/94) para convocar governos e organizações internacionais a celebrar a data anualmente. “Reconhecemos que as cooperativas em seus variados formatos estão se tornando fatores indispensáveis para o desenvolvimento econômicos e social de todos os países.”

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), mais de 100 milhões de pessoas no mundo estão empregadas diretamente por cooperativas. “[As cooperativas] são uma fonte geradora de empregos, contribuem na luta contra a pobreza e a desigualdade e estão na vanguarda da promoção da igualdade de gênero e do desenvolvimento sustentável”, disse a diretora regional da OIT para a América Latina e o Cariba, Elizabeth Tinoco, ao comentar o estudo “O cooperativismo na América Latina.”

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: