Dia da Árvore: sua ação faz a diferença!

Conheça coletivos e organizações que promovem plantio de árvores e divulgam a importância do reflorestamento. Confira também o passo a passo para plantar um arbusto.

 

Ela auxilia na conservação do solo, na manutenção da boa qualidade do ar, contribui no combate ao aquecimento global, dá sombra e, muitas vezes, até alimentos – dos mais nutritivos, é bom dizer. A árvore é tão essencial à vida humana que merece um dia só pra ela: 21 de setembro. E nós aproveitamos a data para reforçar a importância da preservação da natureza por cada um de nós e pela sociedade como um todo.

Quando o assunto é diversidade das espécies de árvores, o Brasil é dos mais sortudos. O país abriga uma das floras mais diversas e exuberantes do planeta. No Norte tem as castanheiras, no Nordeste vivem as carnaúbas, ipês amarelos são exuberantes no Centro Oeste, já no Sudeste moram os grandes Jatobás, e no Sul as mais típicas são as araucárias. Todo esse cenário, porém, está ameaçado pelo desmatamento recorrente, que devasta quilômetros de florestas todos os dias, como vem acontecendo na Amazônia.

Cabe a cada um de nós fazer a sua parte para combater esses desmatamentos. Conheça algumas iniciativas que atuam pela preservação e pela disseminação de informações sobre árvores. Você pode entrar em contato e se unir a elas:

– O coletivo Novas Árvores Por Aí, em São Paulo, é formado por voluntários e planta árvores nas calçadas, em canteiros centrais, praças e parques. No final de agosto, por exemplo, eles plantaram quatro arbustos na Av. dos Bandeirantes, uma das mais movimentadas da cidade

– O Instituto Árvores Vivas tem como missão reconectar pessoas à natureza, por meio da divulgação de informações históricas, culturais e científicas sobre árvores, de forma acessível e criativa

– O movimento Nós + Árvores, de Goiânia (GO), promove desde plantio de árvores na cidade até oficinas de sementes com crianças

– O Movimento Pró-Árvore, em Fortaleza (CE) divulga criativos vídeos sobre a flora local

Para quem não tem tempo de plantar, existem alternativas virtuais para colaborar com o reflorestamento. Uma delas é a Ecosia, ferramenta de busca similar ao Google. O lucro gerado a partir das pesquisas feitas pelos usuários é revertido para plantar árvores em várias partes do mundo. Até agora já foram cultivadas cerca de 66 milhões de árvores!

Ficou com vontade de plantar a sua? Então confira algumas dicas publicadas no site da Fundação SOS Mata Atlântica:

Antes do plantio

– Pesquise e dê preferência às espécies de árvores nativas de sua região; os órgãos de meio ambiente e os viveiros de mudas costumam ser boas fontes para estas informações

– Procure escolher uma espécie que seja viável cuidar e acompanhar; pesquise aspectos como frequência de rega, necessidade de podas, etc.

– Plantar árvores na cidade exige um conhecimento prévio das características da espécie para que não ocorram danos à planta nem ao equipamento público (fiação elétrica, rompimento da calçada por raízes, entre outros)

– Verifique se é necessária autorização para plantar no local escolhido. De forma geral, os espaços públicos demandam autorização para o plantio.

Durante o plantio

– Prepare o solo para o plantio, colocando nutrientes, como terra adubada, esterco ou fertilizantes.

– Pesquise e respeite o espaçamento correto entre as futuras árvores, se for plantar mais de uma delas (média de 2,5 metros de distanciamento)

– Acomode a muda no berço e preencha os espaços vazios com terra. Lembre-se de enterrar apenas as raízes, a parte aérea da planta deve ficar totalmente exposta.

Depois do plantio

– Logo após o plantio, regue o suficiente para manter a muda hidratada. A fase que pede mais rega é justamente esta após o plantio. Assim que a muda começar emitir brotações (nascer o brotinho), a frequência de rega pode ser bem reduzida

– Com o estabelecimento e crescimento, sempre observe se não há formigas, brocas ou outras pragas atacando a árvore

– As podas, quando necessárias, devem ser feitas de maneira equilibrada, nunca direcionando o desenvolvimento da árvore para um lado ou outro. Busque uma simetria, pois, no futuro, o peso irá influenciar no equilíbrio da árvore.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: