Descobrindo o consumidor consciente: uma nova visão da realidade brasileira

A pesquisa analisa o consumidor brasileiro de uma forma inédita: segundo seu grau de consciência no consumo

Apresentada no Dia Mundial do Consumidor (15 de março), o levantamento mostra que existe um segmento diferenciado entre os consumidores brasileiros: um grupo que se define exclusivamente por sua adesão às práticas do consumo consciente, e do qual fazem parte pessoas de todas as classes sociais, idade e grau de instrução.

A pesquisa definiu quem eram os consumidores conscientes a partir de treze comportamentos que pressupõem a consciência no ato de consumo de produtos, recursos naturais ou serviços. Alguns deles são: fechar a torneira enquanto escova os dentes, apagar as luzes ao deixar um ambiente, separar lixo para reciclagem, pedir nota fiscal, ler o rótulo de um produto antes de comprar. Assim, foram definidos quatro grupos de consumidores:

—    conscientes (6%), os que adotam de 11 a 13 dos comportamentos

—    comprometidos (37%), os que adotam de 8 a 10 comportamentos

—    iniciantes (54%), os que adotam de 3 a 7 comportamentos

—    indiferentes (3%), os que adotam de 0 a 2 comportamentos

De acordo com os dados da pesquisa, os consumidores conscientes são os mais preocupados com a coletividade e sentem-se responsáveis pela melhoria da comunidade em que vivem. Eles são consumidores ativos, pois punem as empresas que adotam atitudes com as quais não concordam e recorrem aos órgãos de defesa do consumidor quando se sentem prejudicados.

Essa segmentação inédita do mercado será explorada com mais detalhes na próxima etapa do projeto Indicadores do Consumo Consciente do Instituto Akatu. O projeto visa construir um instrumento para avaliar o grau de desenvolvimento do consumo consciente em pessoas e comunidades. Além disso, pretende mostrar ao público as várias formas pelas quais cada indivíduo pode exercer e aprimorar seu papel de consumidor cidadão.

Se você quiser seguir o Akatu no twitter, clique aqui

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: