Desafio estimula jovens a criarem projetos para reduzir as emissões de CO2

Até 12/06, estudantes de ensino técnico de Química e Meio Ambiente de São Paulo, Campinas e Salvador podem inscrever projetos e os que mais contribuírem para a meta brasileira de reduções de Gases de Efeito Estufa (GEE) têm mais chances de ganhar

Hoje, 08 de março, o Instituto Akatu e a Dow lançam o Desafio Redução CO2, para estimular e engajar jovens brasileiros, estudantes de ensino técnico, a criarem projetos que contribuam para que o Brasil atinja a meta de reduzir suas emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), colaborando com a desaceleração do aquecimento global. Até 2025, o Brasil assumiu um compromisso de reduzir sua emissão de gases de efeito estufa em 37% – o ano base é 2005.

Podem participar equipes formadas por professores e alunos (no mínimo 3 e no máximo 6) das escolas técnicas dos cursos de Meio Ambiente e Química das cidades de Salvador (BA), Campinas e São Paulo (SP). Os projetos inscritos pelo professor devem contribuir para reduzir as emissões de GEE nas mais diferentes temáticas, como água, energia, alimentos, resíduos e transportes e logística.

“Reduzir a velocidade do aquecimento global é algo que já não é fundamental apenas para as futuras gerações. Hoje, já estamos sofrendo com secas, processos de desertificação, aumento de temperatura, entre outras graves alterações no clima. Criamos este desafio para que nossos jovens se interessem ainda mais pelo tema e possam contribuir para diminuir a velocidade dessas mudanças. Quanto mais potencial de redução de CO2 e mais mobilização da comunidade o projeto tiver, mais chances tem de ganhar”, explica Denise Conselheiro, coordenadora de Educação do Instituto Akatu.

As inscrições começam em 08 de março e vão até 12 de junho, e devem ser feitas no site http://www.desafioco2.org.br/, onde o interessado encontra todas as regras e informações sobre o desafio, além de notícias sobre consumo consciente, mudanças climáticas e combate às emissões de GEE. Ao todo, serão premiados os 3 melhores projetos, em especial aqueles que usam consumo consciente como ferramenta para isso. São mais de R$ 30 mil em prêmios para apoiar a execução dos projetos vencedores junto à Comunidade Escolar.

Redes de parcerias para potencializar práticas sustentáveis

A participação da Dow no Desafio Redução CO2 está alinhada às metas de sustentabilidade e à estratégia da Dow para a América Latina, assim como a Parceria Oficial de Carbono dos Jogos Rio 2016, por meio da qual a Dow assumiu o compromisso de mitigar 500 mil toneladas de CO² equivalentes (CO²eq) provenientes da organização dos Jogos Olímpicos (transmissão, alimentação, uniformes, decoração, sinalização, energia para os locais de competição, etc.) por meio de reduções verificadas.

“A Dow recentemente divulgou as Metas de Sustentabilidade para 2025, e um de nossos compromissos para a próxima década é a construção de redes e parcerias para potencializar as práticas sustentáveis em diferentes setores. Para que este objetivo ambiental seja atingido, é necessária a mobilização de todos. Isto nos permitirá dar visibilidade a boas ideias que proponham soluções a temas tão importantes quanto mudanças climáticas, conservação e disponibilização de água, bem-estar da população, e circularidade da economia”, comenta Júlio Natalense, líder de Sustentabilidade para a Dow na América Latina.

 

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: