Cristo Redentor ganha iluminação mais eficiente

Economia de energia será de 95% em relação ao sistema anterior; inauguração foi durante o aniversário de 446º anos da cidade do Rio de Janeiro

 

O novo sistema de iluminação do Cristo Redentor inaugurado na terça-feira (01/03), como parte das comemorações pelos 446 anos da cidade do Rio de Janeiro, vai permitir uma economia de energia de 95% em relação às lâmpadas convencionais. O projeto é composto por 300 projetores do tipo LED que poderão dar cores diferentes ao monumento com maior eficiência.

De acordo com a empresa responsável pelo projeto, enquanto a iluminação antiga tinha consumo aproximado ao de 40 chuveiros elétricos, agora, será equivalente ao de dois chuveiros. Com vida útil mais extensa, feitas as devidas manutenções, a nova iluminação pode durar até 10 anos.

A obra conta ainda com um sistema de controle inovador, que possibilita o gerenciamento de cada projetor de forma precisa e individual, tanto em relação às cores como à intensidade da luz. A tecnologia será usada para iluminar a estátua em datas especiais.

Participaram da cerimônia da inauguração da estátua, o Arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, que acionou o sistema; juntamente com o governador do Estado do Rio, Sérgio Cabral, e o prefeito da cidade, Eduardo Paes, entre outras personalidades e populares.

O monumento é o mais famoso símbolo da cidade, uma das sete maravilhas do mundo moderno e é tombado, por isso, o projeto precisou ser aprovado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O novo sistema antecipa também a celebração dos 80 anos da estátua do Cristo Redentor, que serão completados no dia 12 de outubro deste ano.

Se você quiser seguir o Akatu, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: