Conheça 7 fins inusitados para materiais reciclados

A reciclagem pode transformar simples resíduos em roupa, avião e até prótese! Conheça estes e outros exemplos que vão te surpreender.

Talvez você já tenha ouvido falar que garrafas PET podem se transformar em uma bela camiseta. Mas sabia que pneus podem virar piso infantil e óleo de cozinha tinta de impressora? A reciclagem de resíduos tem inúmeras possibilidades, como demonstram os 7 exemplos reunidos aqui.

Por isso, jamais descarte seu lixo sem antes fazer a correta separação e a destinação para a coleta seletiva. Reciclar é um processo que contribui com a economia de água e energia, além de reduzir os custos de matérias-primas industriais e diminuir o volume de resíduos gerados pela exploração de recursos naturais. Ou seja, todo mundo ganha!

1. Roupas de garrafa PET? Sim!

Garrafas de água e de refrigerante de PET podem ser recicladas e transformadas em lindos tecidos ecológicos. A empresa Camiseta Feita de Pet produz blusas, uniformes escolares, calças jeans e ecobags a partir desse material. Além da produção, ela também costuma recolher as PETs em escolas, eventos, parques e associações – em seis anos de atuação, já coletou 6 milhões de vasilhames. Outro exemplo é a Insecta Shoes, que confecciona sapatos a partir de PETs, algodão reciclado, borracha reaproveitada, peças de roupas usadas, tecidos de reuso e resíduos de produção que seriam jogados fora. Tudo superfashion e sustentável.

2. Tubos de PVC também viram calçados

Geralmente os tubos de PVC podem ser reaproveitados, reciclados e transformados em novos tubos, já que o material tem longa vida útil, de no mínimo 50 anos. Mas eles podem ter outro destino: solados para botas e galochas. Por ser impermeável, o material é ótimo para compor modelos para quem precisa lavar o chão, o carro ou fazer faxinas pesadas.

3. Próteses infantis feitas de embalagens de xampu


O empresário e cabeleireiro australiano Bernie Craven teve uma ideia incrível: produzir próteses infantis a partir dos plásticos reciclados de embalagens de xampu e condicionador, itens frequentemente descartados em salões de beleza. Sua empresa, a Waste Free Systems, desenvolveu as primeiras próteses, hoje usadas por duas crianças nascidas sem a mão esquerda. E os resultados são promissores!

4. Pneus se transformam em piso de parquinho

Sabia que aquele piso colorido e divertido do parquinho pode ser feito de borracha de pneu reciclado? A Pisoleve se especializou nisso e fabrica 1 m2 de piso a partir de cinco pneus usados. Para que isso dê certo, a borracha deve ser triturada até atingir a granulação adequada. Só depois é tingida em diversas cores. O resultado é um piso antiderrapante, com boa drenagem e que ainda têm capacidade de retenção de impacto e barulho. Perfeito, não?

5. Fibra de vidro reciclado dá até para fabricar aviões!

Não jogue fora aqueles caquinhos de vidro quebrado no lixo comum. Eles podem ir para reciclagem e se transformar em novas fibras de vidro. Mas o que fazer com elas? Muitas coisas! De pranchas de surfe a partes da estrutura de aviões. Esse material faz com que a aeronave fique mais leve, resistente e praticamente à prova de impactos com aves.

6. Óleo de cozinha usado vira tinta para a impressora

Você já sabe: depois de usar o óleo de cozinha, nunca o despeje na pia, pois ele pode contaminar os lençóis freáticos e prejudicar o meio ambiente. É fundamental destiná-lo corretamente, para que seja reciclado. Geralmente, o óleo é utilizado na fabricação de sabão, mas já existem iniciativas para transformá-lo também em tinta de impressoras. Segundo a campanha Óleo pelo Futuro, essa produção é simples. O óleo passa por um processo de aquecimento e de limpeza, para eliminar todas as suas impurezas. Depois de limpo, está pronto para ser matéria-prima de resinas a serem usadas na fabricação de tintas.

7. Da chapa de raio-X se faz joias de prata

As radiografias não pode ser jogadas no lixo comum, pois contêm componentes tóxicos como a prata, um metal pesado. Hoje em dia, vários hospitais e postos de saúde têm pontos de coleta de raio-x (confira a lista disponível no site E-Cycle). O material é encaminhado para empresas que fazem a sua reciclagem, extraindo o metal que posteriormente são transformados em joias, como pulseiras, anéis, colares e brincos.

Viu quanta coisa bacana dá para fazer com resíduos recicláveis?

Mas para que tudo isso dê certo, todos nós devemos colaborar. O primeiro passo é separar os resíduos corretamente – veja nossas dicas aqui.

A próxima etapa é encaminhá-los para as cooperativas de reciclagem. Consulte a plataforma E-Cycle para conhecer os pontos de entrega voluntária (PEV) mais próximos a você. Basta informar no site o tipo de resíduo que deseja descartar e o CEP da sua residência.

 

Créditos das imagens:

Foto 1: Camiseta Feita de PET

Foto 2: Eletrotem

Foto 3: Waste Free Systems

Foto 4: Pisoleve

Foto 7: Sapra Landauer

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: