CETESB e ABRE lançam publicação sobre embalagem e sustentabilidade

Lançado “Embalagem e Sustentabilidade: Desafios e orientações no contexto da Economia Circular”, elaborado pela ABRE e pela CETESB

 

Em 12 de abril, foi lançado o documento “Embalagem e Sustentabilidade: Desafios e orientações no contexto da Economia Circular”, elaborado pela ABRE (Associação Brasileira de Embalagem) e pela CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). Esse material tem o objetivo de identificar e divulgar boas práticas para projetos de embalagens, visando a apoiar o atendimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), assim como possibilitar a discussão do papel da embalagem dentro da economia circular.

Esse guia reforça a importância que as embalagens têm dentro da sustentabilidade. “As embalagens correspondem a grande parte dos chamados resíduos sólidos urbanos. Hoje em dia, a coleta e o correto destino das embalagens são considerados um grande desafio e há uma grande oportunidade de melhoria ambiental ao ampliarmos a porcentagem de reuso ou reciclagem das embalagens”, explicou Nelson Bugalho, vice-presidente da CETESB, durante o lançamento do documento. Além do atendimento à PNRS, o material também tem o objetivo de promover discussão em torno do desafio de promover a não geração, a redução, a reutilização, a reciclagem, o tratamento dos resíduos e a disposição final das embalagens.

Além disso, o material disponível para download nos sites da CETESB e da ABRE analisa o papel das embalagens no contexto da sustentabilidade de forma a estimular a transição dos modelos de negócios, de utilização de recursos naturais e geração de resíduos de um modelo linear para um circular, que preza por um modelo de eficiência dos recursos, devolvendo os resíduos aos ciclos produtivos. “Para isso, é recomendado entender o papel e a importância das embalagens e que elas sejam planejadas dentro das empresas de forma holística e sistemática, integrando todas as áreas da empresa, de forma a garantir a máxima eficiência com o mínimo impacto ambiental e social”, reforça Eloisa Garcia, do Cetea.

Para auxiliar o entendimento de todos esses conceitos, a publicação traz o Jogo do Infinito, que, em breve, será disponibilizado online. O documento foi elaborado pelas duas instituições e por empresas da cadeia produtiva de embalagens, membros do Comitê de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Abre, e redigido pelo Centro de Tecnologia de Embalagem (Cetea) do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), e tem patrocínio da Dow e Tetra Pak.

Leia mais:

Edukatu lança percurso pedagógico e jogo sobre resíduos e reciclagem

Priorização da gestão de resíduos sólidos nas cidades aumenta, diz Banco Mundial

 

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: