Centro esportivo do Bradesco conquista selo internacional de sustentabilidade

Construção tem sistema com eficiência energética, preservação e reaproveitamento de recursos naturais

O Centro de Desenvolvimento Esportivo do Bradesco em Osasco, na Grande São Paulo, está funcionando desde o dia 28 de janeiro com a certificação internacional de Liderança em Energia e Design Ambiental (Leed, sigla em inglês). No país, a distinção, também conhecida como “Selo Verde”, é concedida pela Green Building Council Brasil a edifícios com sistemas de eficiência energética, preservação e reaproveitamento de recursos naturais, entre outras ações que contribuem para a sustentabilidade do planeta.

Entre as aplicações que permitiram a conquista da certificação, destacam-se o sistema do uso racional de água, que contempla a coleta e aproveitamento da água de chuva para utilização em banheiros, jardinagem e limpeza; a utilização de placas solares para aquecimento da piscina, dos chuveiros e das torneiras; o sistema de ventilação natural, que permite a renovação constante do ar natural nos ambientes internos; as janelas de vidro transparente, que possibilitam a iluminação natural dos ambientes e uma economia de 28% no consumo de energia; ampla estrutura para coleta seletiva de resíduos; além de acessibilidade às pessoas com deficiência.

O presidente do Programa Bradesco Esportes e Educação, Mario Helio de Souza Ramos, destacou que por exigências da certificação, ainda na fase da construção do complexo, vários cuidados foram observados. “Os caminhões usados durante a construção tiveram seus pneus lavados com água de reuso antes de saírem da obra, para não sujar as ruas, e foram instalados tapumes para minimizar a poluição sonora. Esse conjunto de ações faz deste prédio uma referência de construção sustentável no Brasil.”

Inaugurado em junho de 2010, o Centro tem 9.000 m2 de área construída e atende gratuitamente cerca de 2.000 crianças do Programa Bradesco Esportes e Educação e tem capacidade para acolher, ao mesmo tempo, 500 atletas e mais 50 profissionais entre técnicos, professores de educação física, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos e médicos. O complexo dispõe de cinco quadras poliesportivas cobertas, todas com vestiários; uma piscina, uma pista de cooper, uma sala de musculação, um consultório médico, um auditório, uma cozinha semi-industrial, um restaurante, uma lavanderia, salas de troféus, fisioterapia, reuniões, informática e de estudo, além de um alojamento composto de 14 apartamentos.

Se você quiser seguir o Akatu no twitter, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: