Campanhas do Akatu são premiadas na ONU e no Fórum Econômico Mundial

Peças criadas pela Leo Burnett para o movimento “CUIDE” levam a causa do consumo consciente pelo mundo

O trabalho do Instituto Akatu ganhou destaque mundial neste início de 2006 graças a duas peças publicitárias criadas pela agência Leo Burnett Brasil e premiadas em Davos e em Nova Iorque.

O anúncio “Favela” recebeu, na última semana de janeiro, uma premiação especial concedida pela ONU (Organização das Nações Unidas) no Festival de Nova York. A ONU deve utilizar a peça em campanha mundial para divulgar a conferência internacional de ONGs.

O anúncio traz a foto de uma favela em posição invertida acompanhada pelo texto “A falta de consciência não deixa você perceber que o mundo está de cabeça para baixo. Como essa foto aqui.”. “Favela” destaca o tema da responsabilidade social, evidenciando o poder transformador do consumidor na hora da compra.

Parte da campanha publicitária do Movimento CUIDE, o anúncio foi premiado, também, em Cannes e em São Paulo. A agência Leo Burnett é parceira mantenedora do Instituto Akatu pelo Consumo Consciente.

Tomate em Davos

Outro fruto da parceria entre o Instituto Akatu e a Leo Burnett Brasil a ganhar recohecimento internacional foi a peça “Tomate”, a mais votada durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. O evento reuniu a elite econômica e política do planeta, de 26 a 30 de janeiro, na cidade suíça.

A votação que elegeu o anúncio “Tomate” foi feita pelo site do AdForum. A peça será divulgada para a imprensa internacional e exposta no festival de Cannes 2006. O anúncio faz parte do projeto “Taking Care of our Future” (Cuidando do nosso Futuro), da ACT (Advertising Community Together), uma coleção de 80 anúncios voltados para a responsabilidade social e criados por agências de mais de 20 países.

A peça é a foto de um tomate esmigalhado no chão, com um garfo e uma faca ao lado. O tomate representa um prato e o anúncio chama a atenção do público para o não desperdício de alimentos. A peça traz o texto: “Os alimentos que você desperdiça fariam diferença na mesa de muita gente”.

“Tomate” também faz parte do Movimento CUIDE, lançado em 2004, que tem como meta mostrar o ato do consumo como um ato de cidadania – uma vez que o consumidor tenha consciência de que seu poder de escolha pode construir um mundo melhor.

“CUIDE” é um chamado à ação e pretende despertar nos cidadãos a consciência de seu poder transformador e o compromisso com o futuro, tanto no que se aplica ao meio ambiente e à sociedade quanto em relação ao próprio indivíduo e sua família.

Se você quiser seguir o Akatu no Twitter, clique aqui

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: