Campanha estimula consumo de frutas, legumes e verduras

Má alimentação é causa básica de 80% das doenças neste século, segundo a OMS

 

A plataforma de inovação social em comportamento de consumo Novos Urbanos lançou em novembro a campanha nacional Fonte da Juventude para estimular o consumo de frutas, legumes e verduras e influenciar a agenda e as políticas públicas em relação à nutrição e a alimentação.

Atualmente 33% das crianças brasileiras estão acima do peso ou obesas, ou seja, 1 em cada 3 crianças, segundo informações do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a alimentação responde por 80% das causas básicas das doenças neste século. Segundo a OMS, 90% das crianças brasileiras não comem a quantidade de frutas, verduras e legumes recomendada.

Segundo Denise Chaer, idealizadora e diretora geral do Novos Urbanos, um dos maiores desafios da alimentação no Brasil são os desertos alimentares, extensas áreas nos centros urbanos onde populações mais vulneráveis não encontram alimentos in natura para comprar.  “Estamos ficando doentes pela boca”, alerta Denise.

A campanha de conscientização Fonte da Juventude, foi idealizada pelo núcleo de comunicação 2020 e resulta do diálogo entre mais de 35 especialistas, empresas, governo e instituições. Conta com o apoio do artista plástico e embaixador da Unicef Vik Muniz, que interage com crianças da comunidade do Vidigal, no Rio de Janeiro, ao construir letras do alfabeto a partir de alimentos in natura. Fazem parte da equipe envolvida na campanha ainda o CREN (Centro de Recuperação e Educação Nutricional) e a consultora em alimentação infantil consciente Mayra Abbondanza.

Conheça o site da campanha Fonte da Juventude: www.fontedajuventude.info

Leia mais:

Ministério da Saúde faz sugestões de cardápio para lancheira saudável

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: