Campanha do Akatu ganha as estradas do país

Painéis de 108m² do movimento Cuide foram instalados em rodovias da Bahia e de São Paulo

Um projeto desenvolvido pela Gardel Painéis, especializada em mídia rodoviária, vai dar visibilidade à campanha Cuide, do Instituto Akatu, nas estradas da Bahia e de São Paulo. Apoiado pela Agência de Propaganda Fracta e pela Mega Artes, empresa que produz as lonas para os painéis rodoviários, o projeto é um embrião do programa “Seja Patrono de Uma ONG”.

De acordo com Luiz Fernando de Araújo, diretor da Gardel, a idéia é fazer com que empresas apóiem as campanhas das ONGs que integram o projeto. As empresas que se interessarem em patrocinar a ONG, arcarão com os custos da produção das lonas e da manutenção dos logradouros, apoiando assim, uma causa nobre. “O retorno que a empresa recebe é maior do que o produto que ele propaga”, diz Araújo, que ainda está negociando o projeto com algumas empresas.

O primeiro painel do Akatu, de 18m por 6m, foi colocado no dia 26 de julho em Itabuna (BA), no acesso a Ilhéus. O outro painel do Instituto tem as mesmas medidas e foi instalado no dia 1º de agosto, no acesso a Campos do Jordão, para quem vai de São Paulo, pela Rodovia Carvalho Pinto.

As telas são brancas, com um coração formado a partir de um código de barras, trazendo a seguinte mensagem: “Cuide – Consuma sem consumir o mundo em que você vive”. O Movimento Cuide é uma campanha de comunicação criada pela agência de publicidade Leo Burnett. Surgiu para disseminar vários temas relacionados ao Consumo Consciente, por meio de peças a serem veiculadas em TV, rádio, internet, outdoor, jornal e revista.

Projeto

O “Seja o Patrono de Uma ONG” foi pensado para um total de 25 painéis de até 200m² que seriam vinculados durante o período de baixa temporada – meses que não coincidem com as férias de início e fim de ano. Além do Akatu, até o momento também estão envolvidos no projeto as ONGs Care do Brasil, Saúde & Alegria e o Instituto Baleia Jubarte.

Segundo Araújo, não há estatísticas dos órgãos responsáveis pelas estradas do número de viajantes que passarão pelos painéis, mas ele prevê bons resultados. “O custo benefício é muito baixo. Apesar das más condições das estradas, muita gente viaja de carro. O impacto é violento.” Além do sul da Bahia e algumas regiões turísticas de São Paulo, a Gardel também possui painéis no litoral de Santa Catarina.

De acordo com Araújo, também conhecido como Gardelon, a idéia começou a ser desenvolvida com o início da empresa, há quatro anos. “Todo mundo na empresa está feliz, agora que o projeto começou a tomar forma”, comenta.

Se você quiser seguir o Akatu no twitter, clique aqui

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: